Resenha de “Manuscrito encontrado em Accra” (com um adendo)

Quem tem direito de reproduzir o quê? Um manuscrito do século XIV, encontrado em Accra no século XX, traz as respostas de um copta do século XI a perguntas ouvidas em Jerusalém, às vésperas da invasão cruzada

210 0

Quem tem direito de reproduzir o quê? Um manuscrito do século XIV, encontrado em Accra no século XX, traz as respostas de um copta do século XI a perguntas ouvidas em Jerusalém, às vésperas da invasão cruzada

Por Idelber Avelar

Na esteira da polêmica acerca das declarações de Paulo Coelho sobre Ulysses, a Folha de São Paulo me convidou a resenhar o último livro do Mago, Manuscrito encontrado em Accra. Aceitei o convite. Segue abaixo o texto da resenha e, logo depois, um adendo que elabora um pouco mais um tema que não coube no exíguo espaço dos 2.500 caracteres que eu tinha.

Nos últimos dias, dois acontecimentos envolveram o nome de Paulo Coelho com muita repercussão. Depois de sua declaração à Folha, de que Ulysses fez mal à literatura e cabia em um tuíte, Coelho foi violentamente atacado. As reações não vinham da cultura erudita entrincheirando-se na autodefesa, mas de comentaristas que rendiam culto a um monumento como forma imaginária de comunhão com ele. Curiosamente, a insistência no valor de Ulysses e na falta de valor de Coelho era contraditória com a própria obra de Joyce que, apesar de eruditíssimo, nunca escondeu seu gosto pela cultura popular. Em seguida, coerente com o que defende, Coelho deu apoio ao blog “Livros de Humanas,” processado pela Associação Brasileira de Direitos Reprográficos por compartilhar PDFs de livros, muitos já esgotados.

Os episódios são relevantes à luz do novo livro do Mago, Manuscrito encontrado em Accra. De certa forma, o livro é sobre o que estava em jogo nas polêmicas sobre Joyce e o compartilhamento de PDFs: como se erigem os monumentos? Quem tem direito de reproduzir o quê? Um manuscrito do século XIV, encontrado em Accra no século XX, traz as respostas de um copta do século XI a perguntas ouvidas em Jerusalém, às vésperas da invasão cruzada.

Continue lendo aqui


Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum e recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa e ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa, ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses e 1 camiseta personalizada após 1 ano.





Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários