Dilma ironiza discurso pró-Bolsa Família de Aécio: “Chamavam de Bolsa Esmola”

Tucano prometeu que se for eleito para a presidência, em 2014, manterá o programa social petista

326 2

Tucano prometeu que, se for eleito para a presidência em 2014, manterá o programa social petista 

Por Redação

Aécio Neves foi alvo de ironia da presidenta Dilma Rousseff (Foto: Valter Campanato/ABr)
Aécio Neves foi alvo de ironia da presidenta Dilma Rousseff (Foto: Valter Campanato/ABr)

Em entrevista para rádios pernambucanas, na manhã desta quarta-feira (18), a presidenta Dilma Rousseff ironizou a declaração do senador Aécio Neves (PSDB), candidato tucano à Presidência da República. “É sempre bom ver que eles reconhecem alguma coisa, porque durante muito tempo o Bolsa Família foi chamado de Bolsa Esmola.”

Aécio Neves prometeu manter, caso eleito, os programas Bolsa Família e Mais Médicos. Porém, na última terça-feira (17), foi lançada a cartilha que norteará o programa do PSDB para o pleito eleitoral de2014.  O documento explica que “a superação da pobreza não pode se limitar a uma única ação (Bolsa Família).”

Dilma respondeu aos tucanos lembrando o Pronatec, programa federal para cooperar no aperfeiçoamento profissional de pessoas de baixa renda. “Já estamos formando 850 mil pessoas nos cursos do Pronatec. São pessoas que conseguem um emprego e aos poucos saem do Bolsa Família”, afirmou a presidenta.

O programa Mais Médicos também foi alvo de “críticas ácidas e sem fundamento”, lembrou Dilma Rousseff. Em Pernambuco, dos 185 municípios do estado, 134 solicitaram profissionais do Mais Médicos, segundo a presidenta.

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários

2 comments

  1. André Fontes Responder

    Como dilma é hipócrita. O termo “bolsa-esmola” foi criado pelo PT para denegrir o bolsa-escola criado no governo FHC. Vagabunda

    1. francisoc Responder

      e psdb ao ver que o pt melhorou o bolsa escola, mudando par abolsa familia, passou a chama lo de bolsa esmola ate hj.