Aécio Neves e as drogas

Sua reação diante do assunto é destemperada — ou, no extremo oposto, demasiado calculada. Quando afirma que esse tema não é “jornalismo sério”, está intimidando ou tentando passar um recado para quem ousa falar nisso. Quis bloquear, na Justiça, as buscas no Google envolvendo...

4647 23

Sua reação diante do assunto é destemperada — ou, no extremo oposto, demasiado calculada. Quando afirma que esse tema não é “jornalismo sério”, está intimidando ou tentando passar um recado para quem ousa falar nisso. Quis bloquear, na Justiça, as buscas no Google envolvendo seu nome

Por Kiko Nogueira, no DCM

Entrevista com o senador AŽcio Neves (PSDB)

Em 2006, durante um encontro com a Sociedade Americana de Editores de Revistas dos EUA, Obama foi questionado sobre o uso de drogas.

“Para começar, eu traguei”, disse ele, numa referência à famosa fanfarronice de Bill Clinton, ecoada por FHC (“fumei, mas não traguei”). ”Foi reflexo dos conflitos e da confusão de um adolescente”, continuou. “Adolescentes são frequentemente confusos”.

Ele já havia relatado em sua autobiografia, publicada em 1995, que fumou maconha, cheirou cocaína e não experimentou heroína porque não ia com a cara do traficante que tentava vendê-la.

O tema voltaria à baila mais algumas vezes. Dois anos depois daquela coletiva, Obama seria eleito.

Em Porto Alegre, a repórter Letícia Duarte, do Zero Hora, perguntou a Aécio Neves sobre os boatos na internet de que ele seria usuário de cocaína.

“Você sabe que existe hoje um submundo da política, nas redes. Anonimamente fazem qualquer tipo de acusação sobre seus adversários, esperando que alguém, talvez desavisadamente, com um pouco mais de credibilidade, possa trazer esse tema ao jornalismo sério. O que nós assistimos é uma guerrilha da internet”, falou.

“Eu me especializei em derrotar o PT. Há 15 anos eu ganho do PT no meu Estado no primeiro turno. Como não tem sobre a minha vida absolutamente nada (…). Eu fico feliz em ver que num momento desse o PT não consegue vir para o debate sobre o Brasil, o debate sério”.

Sua reação diante do assunto é destemperada — ou, no extremo oposto, demasiado calculada. Quando afirma que esse tema não é “jornalismo sério”, está intimidando ou tentando passar um recado para quem ousa falar nisso. Quis bloquear, na Justiça, as buscas no Google envolvendo seu nome. Segundo os advogados do Google, ele “parece ‘sensível’ demais às críticas sobre sua atuação”.

Em 2010, Aécio foi capa da revista Alfa (que eu dirigia). Depois de dias o acompanhando, bastou o repórter tocar no assunto para o tempo fechar. Aécio declarou, então: “Todo mundo teve 18 anos… Ah, experimentou um baseado com 18 anos? Sim. E ponto-final”. A entrevista acabaria ali.

Para o programa “Poder e Política”, da Folha, recentemente, ele trocou apenas alguns termos: “Quando tinha 18 anos, experimentei maconha e ficou por aí. E não recomendo que ninguém faça”.

Um estudante da PUC foi expulso de uma palestra com Aécio, em abril, depois de gritar uma questão sobre a “cocaína no helicóptero” (dos Perrellas, aliados de AN em Minas). Ficou na saudade.

Na saída, Marcelo Ximenes expôs uma dúvida talvez pueril, mas 300 vezes legítima: “Que democracia é essa que não se pode fazer uma pergunta?”

É a democracia de Aécio.

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!



No artigo

Comentários

23 comments

  1. enganado Responder

    O narigão não nega!

    1. Mauro Brasil Responder

      O PT e a esquerdam fedem. Propagadores do mal e do ódio. São 15 anos derrotando os petebas, espero que continue Aécio, já tem meu voto. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1459639-prefeitura-petista-e-apontada-como-fonte-de-ofensas-a-aecio-na-internet.shtml

    2. Fernanda Macedo Responder

      Aécio respondeu muito bem, como ele tem lisura política, tentaram inventar algo mentiroso de sua vida pessoal, como não conseguem derrota-lo há 15 anos, batem nessa tecla perversa da fofoca e boataria.

  2. Ivanovitch Medina Responder

    Se o Aécio Neves fosse candidato do PT;

    BH, 0140502014.

    Os filiados, militantes, simpatizantes, e eleitores do
    PSDB, Partido da Social Democracia Brasileira, e
    Seus políticos, seus defensores no PIG, Partido da
    Imprensa Golpista, composto pela velha mídia sabuja,
    Da cachorrada vira-lata complexada, às bestas feras
    Apocalípticas, como Arnaldo Jabor, Reinaldo Azevedo,
    Rodrigo Constantino, Augusto Nunes, Ricardo Noblat,
    Dora Kramer, Miriam Leitão, Eliane Cantanhêde,
    Merval Pereira, “et caterva”, não têm compromissos
    Com o Brasil; não têm afinidades com o povo
    Trabalhador brasileiro, com a nação brasileira, ou com o
    País; se o candidato escolhido pelo PSDB à Presidência
    Da República, com as características, os costumes e os
    Comportamentos do Aécio Neves, com suas propostas
    De políticas de governo e suas medidas impopulares,
    Fosse do PT, Partido dos Trabalhadores, já teria sido
    Implodido há muito tempo; mas, como o Aécio Neves é
    Do PSDB, nada de arguição, nada de responsabilidade,
    Nada de moral ilibada e notável saber; como o Aécio
    Neves é do PSDB, nada de ética, nada do contraditório,
    Nada de comparações, nada interessa, a não ser conformar
    O mercado e firmar com o capital financeiro liberal
    Internacional; se o nome do Aécio Neves fosse anunciado
    Como candidato do PT, no outro dia seria linchamento em
    Praça pública, achincalhamento nas mídias das comunicações,
    E nas redes sociais; e capas e mais capas das revistonas, e
    Notícias e mais notícias desmoralizantes nos jornalões, até o
    Dia em que candidatura for extinta, trocada, ou substituída;
    Mas, como é o Aécio Neves, sem amor pelo Brasil, sem
    Respeito pelo povo, sem propostas, sem projetos, sem
    Programas; e o pior, sem ter o que apresentar de concreto,
    Nem como senador, e nem como governador de Minas
    Gerais; e sem poder filmar uma obra, sem poder fazer um
    Único vídeo positivo para uma campanha eleitoral; não
    Importa o mal que já causaram por onde passaram, não
    Importa o mal que causam onde estão, e não importa o
    Mal que podem causar, ao trazer de volta as práticas
    Nefastas do passado; e não importa o futuro do país,
    Ou a felicidade da nação, pelo poder, Aécio Neves, o
    PSDB, o PIG e assemelhados de tudo abrem mão.

    1. mimimimi Responder

      mimimimimimimimi

    2. Luiz Shigunov Responder

      Se vc vai pra BH usando o aeroporto de Confins pode ver a grande obra do Aecio: Cidade Administrativa. O choque de gestão do PSDB fez ele gastar R$ 1,2 BILHÕES para construí-la. Educação? Saúde? Não. Prédios e jardins para o rei Aecio Neves. Provavelmente pra ficar bem longe do povo de BH.

  3. Daniel Responder

    Francamente não entendo o estardalhaço que se faz sobre a possibilidade de o Aécio ser usuário de cocaína. A matéria dá o exemplo de Obama que afirma ter usado e isso não faz dele um presidente pior que outros. Não por esse fato. E tenho certeza de que muitos dos jornalistas que dirigem ao Aécio essa pergunta já devem ter experimentado tal droga. Definitivamente o debate político e o debate sobre as drogas precisa melhorar. Não entendo porque insistir nisso. Acompanho o trabalho da Revista Fórum e sei que vocês podem fazer melhor que isso. Grave não é ele ter usado cocaína, grave é o projeto dele para a segurança e para a política contra das drogas, mas disso vocês não falam.

  4. Paulo Costa Responder

    É. Vê-se logo quwe o Aécio não sabe lidar com as adversidades da vida pública. Caiu direitinho nas perguntas que lhe fizeram, e respondeu meia dúzia de bobagens! Era muito melhor não ter respondido nada…

  5. Claudio Responder

    Se esta publicaçao fosse isenta, ate consideraria. Mas é notoriamente engajada neste governo.

  6. Daniel Responder

    A Revista Fórum está censurando meu comentário, é isso?! Publica aí a mensagem que enviei ontem: “Francamente não entendo o estardalhaço que se faz sobre a possibilidade de o Aécio ser usuário de cocaína. A matéria dá o exemplo de Obama que afirma ter usado e isso não faz dele um presidente pior que outros. Não por esse fato. E tenho certeza de que muitos dos jornalistas que dirigem ao Aécio essa pergunta já devem ter experimentado tal droga. Definitivamente o debate político e o debate sobre as drogas precisa melhorar. Não entendo porque insistir nisso. Acompanho o trabalho da Revista Fórum e sei que vocês podem fazer melhor que isso. Grave não é ele ter usado cocaína, grave é o projeto dele para a segurança e para a política contra das drogas, mas disso vocês não falam”.

    1. j Responder

      Censurou??????? Ela até publicou em duplicidade.

  7. Julia Responder

    Sinceramente, é isso que o governo faz hoje, não quer encarar os problemas da corrupção, drogas, saude, educação, e ai, apela, usando revistas como essa, para desfocar, para tentar tirar o dele da reta. Isso funciona bem até, funcionou por mais de 10 anos com o PT, mas agora o povo ta começando a finalmente raciocinar. Não quero saber da vida intima do candidato, pra mim, isso é um belo jeito de iludir o eleitor, quero saber quais os projetos, e disso o PT só tem coisa incompleta. Me admira muito voces publicarem essas coisas com tanta barbaridade acontecendo nesse país por causa desse governo corrupto e ridículo

  8. KAWMACHADO Responder

    Não sou eleitor nem de Aécio, muito menos de Dilma. Mas dá pra se notar que é uma reportagem totalmente tendenciosa. Nosso ex-presidente, do PT é adepto declarado a bebidas alcóolicas. É um cachaceiro de mão cheia e sempre tentou desviar o foto destes assuntos quanto perguntado. Certamente é uma reportagem feita por alguém com interesse na manutenção do atual governo. É preciso que as pessoas saibam ler, separando os fatos e os analisando com cautela.

    1. jose justino de souza neto Responder

      “Nosso ex-presidente, do PT é adepto declarado a bebidas alcóolicas. É um cachaceiro de mão cheia…”

      Você poderia mostrar uma prova do que afirmou? Pelo menos uma semelhante a esta:
      https://www.youtube.com/watch?v=4VZwLHDioS8

      ou esta:

  9. Cleusa Responder

    Kawmachado, se você não é eleitor do Arrocho Neves, eu sou mico de circo. Seu inteligente, a questão não é essa – mas está relacionada à hipocrisia e a blindagem que esse sujeitinho tem recebido do mídia dos oligopolizada. Esse cara é um verdadeiro ditador com os seus ares democráticos. É duro ser um analfabeto político e funcional, não é?!

    1. jose justino de souza neto Responder

      Além de ser uma dureza ser eleitor do menino-do-Rio, é triste e os deixam infelizes. Porém, uma coisa é certa, não tem o mínimo de vergonha em defender o pilantra. Digo isto porque morei em BH quando o mequetrefe ainda era um simples funcionário do governo mineiro que, durante o tempo de luta pelas eleições diretas, virou papagaio-de-pirata (vejam as fotos da época) do Tancredo Neves enquanto este enganava o povo conchavando pelas eleições indiretas. Aécio, que é CUNHA e não NEVES, se aproveitou da morte conveniente do parente para conseguir aparecer politicamente. Ele NUNCA foi eleito por méritos próprios. Foi eleito na rabeira da fama de Tancredo. Portanto, ele NUNCA derrotou o PT por méritos próprios. Foi durante este período em BH que ouvi pela primeira vez o seu apelido (Aécio do Pó) por colegas de trabalho que não eram de esquerda e muito menos petistas. Agora, o mequetrefe quer culpar o PT pela má fama que tinha na capital mineira quando ele sequer estava envolvido com política municipal.

  10. Diogo Castro Responder

    Podem esquecer petralhas, não é com esse tipo de argumento que vocês irão ganhar as eleições dessa vez, acredito que um jornalismo que se baseia em boatos para produzir suas matérias realmente não é um jornalismo sério.

  11. Martins Debem Responder

    A insistência neste assunto por parte do PT é realmente desgastante. A gente que usa a internet constantemente sabe os perigos que rondam por aqui. Recentemente, todos devem ter visto, aconteceu o assassinato brutal e covarde daquela senhora que foi espancada até a morta por conta de uma informação falsa e irresponsável. É este tipo de coisa que tem que ser abominado da rede, não é possível continuar aceitando este tipo de irresponsabilidade. É isto que estão fazendo contra Aécio. Simplesmente jogam o que querem no ar só para ver o circo pegar fogo. Quem faz este jogo sujo não serve para comandar o nosso País.

  12. Cleusa Responder

    Mais dois coxinhas neste espaço escrevendo besteiras. Quem está culpando o Aécio de quê? Quem de fato está envenenando as redes sociais – é exatamente a turma paga pelo menino do Rio – Arrocho Neves, ou melhor Arrocho Cunha. Só publicam mentiras ou distorções dos fatos e os otários acreditam! Isso sim é um crime com a blindagem dos oligopólios midiáticos e da própria justiça em alguns casos.

  13. João Responder

    Só quem mora em BH sabe como ele censura a imprensa, na verdade ele nem censura ele compra.

  14. Edson Luiz Responder

    Na verdade, Aécio Neves, por si só, não me mete medo. O problema está no time que ele pretende montar, em caso de vitória em outubro. Pessoas de boa fé precisam ser lembradas de elementos como Armínio Fraga, operador do mercado financeiro e ex-braço direito de George Soros, o mega-especulador israelense, que deve ter se locupletado à estratosfera quando seu pupilo (Fraga) elevou nossa taxa de juros a 45% à época da crise russa, em 1999. Precisam ser lembradas do desastroso Pedro Malan, que rastejava como um réptil nos corredores do FMI. Precisam ser lembradas de um certo Jorge Bornhausen, aliado de primeira hora do PSDB, e seu desprezo pelas causas populares. Impossível enumerar quão pior equipe do que a existente pode vir a ser montada por este cidadão. Tenho memória e quero avançar. Voltar atrás, jamais.

  15. antonio cezar ribeiro Responder

    pra mim aecio neves fede que nem fernando henrique, nenhum dos dois servem pra governar o pais, todos tem passados obscuros, como o caso dos dolares e diamantes mandados pra aspen, porque ele nao explica publicamente essa historia pros eleitores?

  16. maria Responder

    Se o Aecio fede, e a Dilma,,,,,e o passado dela …alguem pode informar….