RJ: Advogada ativista entra com pedido de asilo no Uruguai; assista

Em vídeo, a advogada Eloisa Samy, que está entre os 23 ativistas com a prisão preventiva decretada e que neste momento se encontra no Consulado Geral do Uruguai, se defende das acusações e diz que ela e os outros 22 ativistas são “perseguidos políticos”

317 2

Em vídeo, a advogada Eloisa Samy, que está entre os 23 ativistas com a prisão preventiva decretada e que neste momento se encontra no Consulado Geral do Uruguai, se defende das acusações e diz que ela e os outros 22 ativistas são “perseguidos políticos”

Por Redação

samy

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) negou, no último domingo (20), o pedido de habeas corpus de 23 ativistas acusados pelo Ministério Público de planejar “ações violentas em protestos”. Ainda de acordo com a denúncia, eles teriam planejado “incendiar a Câmara Municipal do Rio”.

Vinte e três dos 18 manifestantes estão foragidos. Os parlamentares Ivan Valente (PSOL-RJ), Chico Alencar (PSOL-RJ), Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ) classificaram a ação como “arbitrária”, e afirmaram que o documento entregue pelo MP “não tem provas”.

Em vídeo divulgado pelo Mídia Ninja, a advogada Eloisa Samy, que neste momento está no Consulado do Uruguai e solicita asilo político, declarou que quem comete atos de ilegalidade “é o Estado”. Ainda de acordo com matéria do Ninja, o Consulado do Uruguai está cercado pela Polícia Militar.

Além de Eloysa Samy, estão com a prisão preventiva decretada pela Justiça do Rio: Elisa de Quadros Pinto Sanzi, vulgo “Sininho”; Luiz Carlos Rendeiro Junior, o “Game Over”; Gabriel da Silva Marinho; Karlayne Moraes da Silva Pinheiro, a “Moa”; Igor Mendes da Silva; Camila Aparecida Rodrigues Jourdan; Igor Pereira D’Iicarahy; Drean Moraes de Moura Corrêa, “DR”; Shirlene Feitoza da Fonseca; Leonardo Fortini Baroni Pereira; Emerson Raphael Oliveira da Fonseca; Rafael Rêgo Barros Caruso; Filipe Proença de Carvalho Moraes, o “Ratão”; Pedro Guilherme Mascarenhas Freire; Felipe Frieb de Carvalho; Pedro Brandão Maia, o “Pedro Punk”; Bruno de Sousa Vieira Machado; André de Castro Sanchez Basseres; Joseane Maria Araujo de Freitas; Rebeca Martins de Souza; Fabio Raposo Barbosa; Caio Silva Rangel.

A seguir confira o vídeo-depoimento de Eloysa Samy:

Foto: Reprodução/ Facebook

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários

2 comments

  1. Franco Responder

    Como podem acreditar nessa mulher? Estão se fazendo de vítimas, existem provas, nenhum juiz do mundo condena alguém sem provas em um caso de repercussão nacional, essas provas foram mostradas em jornais em cadeia nacional, o povo não é povo, não apenas planejavam atos violentos como incitavam jovens a violência.

    E convenhamos ela realizou seu sonho de ser uma perseguida política.

  2. Elias Responder

    https://www.facebook.com/FanpageApoioPolicial?fref=ts

    Verdadeiros heróis são esses aqui. Isso ai é drama muito bem feito.