Confederação Brasileira de Ginástica afasta atletas após ato de racismo

Ginastas da seleção brasileira aparecem em vídeo comparando colega negro com "saco de lixo preto", entre outras ofensas racistas; em nota, Confederação divulgou afastamento de 30 dias e suspensão temporária da concessão de bolsas e incentivos financeiros como punição aos atletas.

941 0

Ginastas da seleção brasileira aparecem em vídeo comparando colega negro com “saco de lixo preto”, entre outras ofensas racistas; em nota, Confederação divulgou afastamento de 30 dias e suspensão temporária da concessão de bolsas e incentivos financeiros como punição aos atletas

Por Redação

A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) puniu os atletas Arthur Nory Mariano, Fellipe Arakawa e Henrique Flores por cometerem injúrias raciais contra o colega Ângelo Assumpção. Os três foram afastados da seleção brasileira por 30 dias e terão suspensas
momentaneamente a concessão de bolsas e incentivos financeiros.

No vídeo publicado em uma rede social, Nory perguntava: “Seu celular quebrou. A tela quando funciona é branca. Quando ela estraga é de que cor? O saco do supermercado é branco. E o do lixo?”. Os outros respondiam: “preto”. Nas imagens, Assumpção se mostrou indignado e constrangido com as supostas “brincadeiras”.

Percebendo a repercussão negativa, os ginastas vieram a público pedir desculpas. “Aqui é uma equipe e está tudo bem. Exageramos e passamos dos limites. Aqui todo mundo gosta de todo mundo. Por favor, não nos entendam mal”, declarou Nory. No entanto, a atitude não foi suficiente para atenuar a gravidade do ocorrido.

Confira abaixo a nota publicada pela CBG:

“A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), considerando (I) análise preliminar de fatos e relatórios e publicações em mídias e redes sociais envolvendo atletas da seleção nacional por questões disciplinares; (ii) encaminhamento do feito ao STJD da Ginástica, instância desportiva competente que funciona junto à entidade, na forma do art. 50 e ss da Lei 9615/98; (II) o disposto nos arts. 48 e seguintes da Lei 9615/98, arts. 30, parágrafo 2°., alíneas “j” e “u”, 47 a 59 do Estatuto da CBG; resolve: Afastar preventivamente da seleção nacional e eventos nacionais e internacionais, e suspender a concessão de bolsas e incentivos financeiros pelo prazo de 30 (trinta) dias, ou até decisão final sobre o caso pela CBG e STJD da Ginástica, os atletas da seleção de Ginástica Artística Masculina, Arthur Nory Oyakawa Mariano, Fellipe Arakawa Ferreira e Henrique Flores.”

Foto de capa: Reprodução



No artigo