Jornalista da ‘Veja’ é punida por plágio em mais de 60 reportagens

Ficou comprovado que Joice Hasselmann plagiou 65 reportagens, escritas por 42 pessoas diferentes, somente entre os dias 24 de junho e 17 de julho de 2014; o sindicato da categoria rechaçou a atitude da jornalista, que se passou por autora dos trabalhos de vários...

25865 0

Ficou comprovado que Joice Hasselmann plagiou 65 reportagens, escritas por 42 pessoas diferentes, somente entre os dias 24 de junho e 17 de julho de 2014; o sindicato da categoria rechaçou a atitude da jornalista, que se passou por autora dos trabalhos de vários profissionais da área

Por Redação*

O Sindicato dos Jornalistas do Paraná (SindijorPR) decidiu impedir, definitivamente, o ingresso de Joice Hasselmann no quadro da entidade, após comprovação de plágio. O sindicato aceitou a decisão do Conselho de Ética do Paraná (CEP) e ela não poderá utilizar serviços e benefícios concedidos a outros profissionais da área.

Ficou comprovado que a jornalista plagiou 65 reportagens, escritas por 42 pessoas diferentes, somente entre os dias 24 de junho e 17 de julho de 2014. A investigação vinha sendo feita pelo CEP depois que vários veículos solicitaram apuração sobre o caso. O processo contra ela tem, ao todo, mais de 100 páginas.

A direção do SindjorPR rechaçou a atitude de Hasselmann, que teria se apropriado do trabalho intelectual de colegas de profissão, como se fosse a autora das reportagens, quando mantinha uma página na internet denominada ‘Blog da Joice’. Ela passou pela Rádio BandNews e TV Record, na capital paranaense, e hoje atua como apresentadora da Veja.com.

As denúncias serão levadas também à Comissão Nacional de Ética da Federação dos Jornalistas, onde outras sanções estão previstas. Os jornalistas prejudicados ainda podem encaminhar processos civis, uma vez que Joice Hasselmann infringiu, além do Código de Ética, a legislação de direito autoral.

* Com informações do SindijorPR

Foto de capa: Divulgação









Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários