Transexual brasileira vira garota-propaganda de marca de cosméticos

A beleza de Maria Clara chamou a atenção da Lola Cosmetics, que escolheu a pernambucana de 19 anos para representar os produtos. Essa é a primeira vez que uma marca nacional convida uma pessoa trans para estrelar suas campanhas. A iniciativa é ainda mais...

1289 0

A beleza de Maria Clara chamou a atenção da Lola Cosmetics, que escolheu a pernambucana de 19 anos para representar os produtos. Essa é a primeira vez que uma marca nacional convida uma pessoa trans para estrelar suas campanhas. A iniciativa é ainda mais significativa ao serem analisados os dados da ONG internacional Transgender Europe. A entidade aponta que o Brasil é o local onde mais ocorrem assassinatos de travestis e transexuais em todo o mundo e que o problema da discriminação precisa ser enfrentado com urgência

Por Redação*

maria clara1

Maria Clara Araújo é a mais nova garota-propaganda da marca brasileira Lola Cosmetics. A beleza negra chamou a atenção da empresa, que escolheu a pernambucana de 19 anos para representar seus produtos. Além de estudar Pedagogia, ela é também uma referência na militância pelos direitos dos transexuais e pela liberdade de gênero no país.

Essa é a primeira vez que uma marca brasileira convida uma pessoa trans para estrelar suas propagandas. “A Lola sempre buscou criar produtos para todos os públicos e segue acreditando na pluralidade em suas campanhas. Independentemente da cor da pele ou da orientação sexual e identidade de gênero, a marca acredita em pessoas reais e deseja que todos sejam felizes a partir de suas escolhas. Por isso, o convite para a Maria Clara Araújo, uma jovem empoderada, ser garota propaganda da nova marca oH!Maria by Lola Cosmetics”, afirmou a empresa em nota.

A iniciativa é ainda mais significativa ao serem analisados os dados da ONG internacional Transgender Europe. A entidade aponta que o Brasil é o local onde mais ocorrem assassinatos de travestis e transexuais em todo o mundo e que o problema da discriminação precisa ser enfrentado com urgência. Entre 2008 e 2013, foram 486 mortes, quatro vezes a mais que o México, que está na segunda posição entre os países com mais casos registrados.

maria clara2

*Com informações do Catraca Livre

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!



No artigo

Comentários