Novo clipe de Lady Gaga tira a cultura do estupro de debaixo do tapete; assista

O vídeo conta a história de quatro jovens que são abusadas sexualmente e mostra as dificuldades de superação desse tipo de violência. A própria cantora já revelou, em entrevista, ter sido estuprada quando tinha...

4794 0

O vídeo conta a história de quatro jovens que são abusadas sexualmente e mostra as dificuldades de superação desse tipo de violência. A própria cantora já revelou, em entrevista, ter sido estuprada quando tinha 19 anos. Agora, ela irá doar parte da renda arrecadada com as vendas da canção Till It Happens To You para organizações de apoio a vítimas

Por Andréa Martinelli, do Brasil Post

Lady Gaga lançar um single novo parece não ser algo tão ‘cheio’ de novidade — ou emocionante. Mas, desta vez, ele é isso e mais um pouco. Em Till It Happens To You, Gaga faz algo necessário e urgente: expõe a cultura do estupro e traz à luz todas as etapas pelas quais as vítimas deste tipo de crime passam.

O clipe e a música foram disponibilizados para download no iTunes e Youtube nesta sexta-feira (19). O vídeo conta a história de quatro jovens que são abusadas sexualmente e mostra as dificuldades da superação e esquecimento da cena.

Co-autora da letra com Diane Warren, Lady Gaga vai doar parte da renda arrecadada com as vendas da canção para organizações de apoio a vítimas de abuso sexual.

O lançamento do vídeo coincide com o aniversário de um ano da campanha da Casa Branca, It’s on us (Está com a gente, em tradução livre) — que busca conscientizar e incentivar a não silenciar casos de violência sexual.

Segundo uma pesquisa publicada no periódico Journal of Adolescent Health, a agressão sexual em universidades alcançou ‘níveis epidêmicos’. Mais de 18% das estudantes de uma universidade dos Estados Unidos relataram incidentes de estupro ou tentativas de estupro durante seu primeiro ano na instituição.

Til It Happens To You faz parte da trilha sonora do documentário The Hunting Ground, de Kirby Dick, que estreou no Festival de Sundance deste ano. O documentário faz um recorte dos casos de abusos sexuais ocorridos em campus de universidades nos Estados Unidos.
Ano passado, Lady Gaga revelou ter sido vítima de estupro quando tinha 19 anos. Durante entrevista ao programa de rádio The Howard Stern Show, a cantora afirmou que foi violentada por um produtor vinte anos mais velho do que ela.

“Atravessei por fases tão terríveis que hoje me sinto capaz de sorrir, graças às sessões de terapia que me ajudaram ao longo dos anos a superar o trauma sofrido. Minha música me ajuda como um maravilhoso apoio terapêutico. Mas, você sabe, eu era fechada como uma concha dentro de mim mesma”, disse.

E continuou: “Não era eu mesma. Para relatar com fidelidade, na época eu tinha 19 anos de idade. Eu fui para a escola católica e, de repente, quando aconteceu toda essa coisa louca, continuei o meu caminho. Pensava: será que todos os adultos agem dessa forma? Eu era muito ingênua”.

Obrigada por não silenciar, Gaga.









Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários