Campanha pede redução de direitos de pessoas com deficiência

Um outdoor em Curitiba sugere o “fim dos privilégios para deficientes”. A ação é iniciativa de um grupo que propõe, entre outras coisas, a redução de vagas exclusivas, além da extinção de cotas em empresas e concursos públicos para esse segmento da população.

1867 0

Um outdoor em Curitiba sugere o “fim dos privilégios para deficientes”. A ação é iniciativa de um grupo que propõe, entre outras coisas, a redução de vagas exclusivas, além da extinção de cotas em empresas e concursos públicos para esse segmento da população

Por Redação

outdoordentro
campanha
(Foto: Reprodução/Facebook)

Parece piada de mau gosto, mas não é. Um outdoor foi colocado no bairro Vista Alegre, em Curitiba, pedindo o “fim dos privilégios para deficientes”. A ação é iniciativa de um grupo intitulado “Movimento Pela Reforma de Direitos”, que propõe, entre outras coisas, a redução em 50% das vagas exclusivas para deficientes, além da extinção de cotas em empresas para esse segmento da população.

Os integrantes do movimento se dizem prejudicados por leis “que privilegiam uma minoria e esquecem da maioria”, segundo afirma um texto que acompanha a petição online lançada para buscar adesões para suas reivindicações. “Quem já ficou horas atrás de uma vaga para estacionar e sempre olhava para aquelas vagas de deficientes vazias sabe como isso é importante”, aponta o abaixo-assinado.

As cotas em concursos públicos, a isenção de impostos na compra de automóveis e a gratuidade em programações culturais são outros direitos que devem ser cancelados, de acordo com o grupo. A ideia gerou uma repercussão negativa entre os internautas. “Vocês podem vir a se tornar deficientes um dia, ou um irmão, ou os pais, ou os avós. Continuariam com esta mesma pobreza de espírito?”, questionou um deles ao comentar a petição.

Foto de capa: Reprodução/Banda B

No artigo

Comentários