Serra chama Katia Abreu de “namoradeira” e ministra reage: “Ao contrário de você, nunca traí”

“Foi infeliz, desrespeitoso, arrogante e machista”, declarou a ministra da Agricultura em perfil no Twitter nesta quinta-feira (10). De acordo com a coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo, Katia Abreu jogou uma taça de vinho no senador tucano Por Redação...

1547 0

“Foi infeliz, desrespeitoso, arrogante e machista”, declarou a ministra da Agricultura em perfil no Twitter nesta quinta-feira (10). De acordo com a coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo, Katia Abreu jogou uma taça de vinho no senador tucano

Por Redação

Durante um jantar de confraternização na casa do líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE), na noite de ontem (9), a ministra da Agricultura Katia Abreu (PMDB-TO) reagiu a um comentário machista de José Serra (PSDB-SP). As informações iniciais são do Globo. Segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Abreu teria jogado uma taça de vinho no rosto do tucano.

De acordo com o jornal fluminense, publicada nesta quinta-feira (10), em uma roda, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que é médico, contava um episódio em que teve de aplicar uma injeção na ministra. Serra quis ironizar a situação: “O que tenho ouvido é que você tem fama de ser muito namoradeira”. Katia Abreu afirma que não deixou barato. “Me respeite que sou uma mulher casada e mesmo quando solteira, ao contrário de você, nunca traí”, rebateu. Depois disso, conforme a coluna de Bergamo, lançou a taça em direção ao parlamentar.

“Eu fiz o que qualquer mulher honrada faria. Respondi à altura de quem preza a sua honra”, declarou a peemedebista à colunista. Ela disse que Serra “simplesmente chegou numa roda em que não tinha sido chamado, sem mais nem menos”. “Nunca lhe dei esse direito nem essa ousadia. Por favor, saia dessa roda, saia daqui imediatamente”, afirmou ter dito ao tucano. “Você é um homem deselegante, descortês, arrogante, prepotente. É por isso que você nunca chegará à Presidência da República”, teria completado.

Hoje, em seu perfil no Twitter, Katia Abreu confirmou o episódio. “Foi infeliz, desrespeitoso, arrogante e machista”, escreveu. Ela lembrou que em 2010 “votou e apoiou” a candidatura de Serra à presidência da República.

 

 

Em 2010 votei e apoiei este senhor. — Ministra Katia Abreu (@KatiaAbreu) 10 dezembro 2015

(Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)



No artigo