STF autoriza quebra de sigilo bancário e fiscal de Eduardo Cunha

O objetivo da investigação é obter detalhes da movimentação financeira do deputado e do possível uso irregular de empresas como Jesus.com, C3 Produções e Rádio Satélite. Cunha está sendo acusado de manter contas secretas no exterior, abastecidas com recursos de desvios de dinheiro...

1473 0

O objetivo da  investigação é obter detalhes da movimentação financeira do deputado e do possível uso irregular de empresas como Jesus.com, C3 Produções e Rádio Satélite. Cunha está sendo acusado de manter contas secretas no exterior, abastecidas com recursos de desvios de dinheiro da Petrobras

Por Redação

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sua esposa, Cláudia Cruz, e sua filha, Danielle Dytz da Cunha, além de pelo menos três empresas ligadas à família. Zavascki é relator da Operação Lava-Jato no STF e atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o período de análise será entre 2005 e 2014. Cunha e seus familiares estão sendo investigados pelo Supremo por supostas contas secretas no exterior, abastecidas com recursos de desvios de dinheiro da Petrobras.

A intenção da quebra de sigilo é obter detalhes da movimentação financeira do deputado e do possível uso irregular de empresas como Jesus.com, C3 Produções e Rádio Satélite, que atuam na área de Comunicação. Investigadores apontam que as contas mantidas em um banco suíço teriam repassado dinheiro para uma das companhias.

Foto de capa: Rodolfo Stuckert/Câmara dos Deputados









Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041