Datena desiste de concorrer à prefeitura de SP e deixa PP

Mesmo com integrantes da legenda investigados por corrupção antes mesmo de sua filiação à sigla, o apresentador alegou que não pode "permanecer em um partido que tomou mais de R$300 milhões da Petrobras"

276 0

Mesmo com integrantes da legenda investigados por corrupção antes mesmo de sua filiação à sigla, o apresentador alegou que não pode “permanecer em um partido que tomou mais de R$ 300 milhões da Petrobras”

Por Redação

datena-pode-ser-candidato-a-prefeito-2016

O apresentador de TV José Luiz Datena anunciou, na manhã desta segunda-feira (18), que não será mais candidato à prefeitura de São Paulo este ano, além de estar deixando o partido que se filiou para se candidatar, o PP. A declaração foi feita no programa matinal de rádio que apresenta na Bradesco Esportes FM e, entre os motivos para a desistência, estaria a suposta corrupção do partido. “Não posso permanecer em um partido que tomou mais de R$ 300 milhões da Petrobras”, afirmou.

Datena se filiou ao PP e oficializou sua pré-candidatura em julho do ano passado, época em que integrantes da legenda já estavam sendo investigados por corrupção na operação Lava Jato. Antes disso, o partido também era associado por muitos a denúncias de corrupção ,tendo em vista que um de seus principais caciques é Paulo Maluf. Ainda assim, o apresentador associou sua saída às “novas denúncias”.

“Desisti por causa das novas denúncias de corrupção ligando o partido a que me filiei com o objetivo específico de me candidatar. Lembrei do que meus pais me diziam: ‘Diga com quem andas e te direi quem és'”, afirmou o apresentador ao site UOL após a veiculação do programa em que fez o anúncio.
 

No artigo

Comentários