FHC é trocado por Lula em charge sobre propina no jornal ‘Zero Hora’

Jornal publicou uma errata neste domingo (17) informando que o chargista Marco Aurélio havia trocado a figura que era para representar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso por Lula. Desenho remetia à notícia da suposta propina de US$ 100 milhões que o governo tucano...

1190 0

Jornal publicou uma errata neste domingo (17) informando que o chargista Marco Aurélio havia trocado a figura que era para representar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso por Lula.  Desenho remetia à notícia da suposta propina de US$ 100 milhões que o governo tucano teria recebido, de acordo com delação premiada da operação Lava Jato

Por Ivan Longo

zerohora

Chamou a atenção de leitores, neste final de semana, a errata publicada pelo jornal gaúcho ‘Zero Hora’ em sua edição impressa da última sexta-feira (15). O fato ganhou ainda mais repercussão por estar ligado não a uma informação de texto ou reportagem, mas sim a uma charge. De autoria do desenhista Marco Aurélio, o desenho publicado faz uma alusão ao ex-presidente Lula falando sobre uma suposta propina que, na verdade, teria sido recebida pelo governo de seu antecessor, o tucano Fernando Henrique Cardoso.

“Desconheço de quem eu recebi R$100 milhões em propina”, diz o personagem identificado como Lula no desenho. A charge, no entanto, faz referência à delação premiada de Nestor Cerveró na Operação Lava Jato que repercutiu na semana passada, apontando que o governo Fernando Henrique Cardoso teria recebido R$ 100 milhões de propina.

“O chargista Marco Aurélio trocou Fernando Henrique Cardoso por Lula na charge de sexta-feira. Zero Hora pede desculpas aos seus leitores”, disse o jornal em nota.

Reprodução/Zero Hora
Reprodução/Zero Hora

De acordo com o grupo RBS, que administra a publicação, quem identificou o erro foram os próprios leitores. Além da errata na edição impressa, uma resposta via redes sociais foi encaminhada aos leitores assim que o equívoco foi identificado. Em nota, o grupo afirmou ainda que “os chargistas de ZH não são pautados pela direção do jornal” e que “eles têm liberdade para escolher os temas de seus trabalhos”.

Nas redes sociais, internautas criticaram o erro e apontaram uma suposta “blindagem” do jornal com relação às denúncias que pesam contra o governo FHC.

“Zero Hora inova e comete erro em CHARGE”, escreveu um internauta no Twitter. “#PodemosTirarSeAcharMelhor”, comentou outro, relembrando a hashtag que constantemente é utilizada para questionar posicionamentos políticos em veiculos de comunicação.

Leia também:

Governo FHC é acusado de receber R$ 1 bilhão em propina, mas capa da Folha é sobre Lula

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários