Jada Pinkett Smith e Spike Lee anunciam boicote ao Oscar por conta da ausência de atores negros entre os indicados

"Não sabemos atuar?", questionou o diretor de filmes como Faça a Coisa Certa e Malcolm X. "As pessoas nos tratarão da forma que nós permitimos", disse a atriz no Twitter

39 0

“Não sabemos atuar?”, questionou o diretor de filmes como Faça a Coisa Certa e Malcolm X. “As pessoas nos tratarão da forma que nós permitimos”, disse a atriz no Twitter

Por Redação

800px-Spike_Lee_(2012)

O diretor de cinema Spike Lee vai boicotar a cerimônia de entrega do Oscar 2016 em protesto contra a ausência de atores negros na lista pelo segundo ano consecutivo. Em seu perfil no Instagram, Lee agradeceu a entrega de um Oscar honorário por seu trabalho, feita em 2015, mas disse que não vai assistir ao prêmio neste ano.

“Gostaria de agradecer ao presidente, Cheryl Boone Isaacs, e ao conselho da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas por me conceder o Oscar honorário em novembro”, escreveu o diretor de filmes como Faça a Coisa Certa e Malcolm X. “Contudo, minha esposa,  Tonya Lewis Lee, e eu não assistiremos à cerimônia do Oscar em fevereiro. Não podemos apoiar este ato, com todo o respeito por meus amigos, o apresentador de gala, Chris Rock, o produtor Reggie Hudlin, o presidente Isaacs e a Academia. Mas como é possível pelo segundo ano consecutivo os 20 candidatos na categoria de atores e atrizes serem brancos? E melhor não observarmos outras categorias. 40 atores brancos em dois anos e nada de negros? Não sabemos atuar? WTF!!.”

No sábado, (16), a atriz Jada Pinkett Smith (da série Gotham e O Professor Aloprado) sugeriu um boicote à premiação. “No Oscar… os negros são sempre bem vindos para entregar prêmios…, inclusive para dar espetáculos”, escreveu Pinkett Smith. “Mas raramente se reconhecem seus méritos artísticos. Os negros deveriam se negar a assistir? As pessoas nos tratarão da forma que nós permitimos. Com todo respeito, sinto uma profunda decepção.”

Em um vídeo postado no Facebook, a atriz também abordou o assunto. “Implorar reconhecimento, ou até pedir, diminui a nossa dignidade, diminui o nosso poder e nós somos um povo digno e poderoso”, disse. No Twitter, diversos usuários manifestaram sua indignação com a hashtag #Oscarssowhite.

We must stand in our power!We must stand in our power.

Publicado por Jada Pinkett Smith em Segunda, 18 de janeiro de 2016

*Com informações de El Diario. Fotomontagem com fotografias de José Cruz/ABr e Reprodução

No artigo

Comentários