Diretor da UTC teria dito que Aécio era ‘o mais chato’ na cobrança de propina

"Eu sei que ele fez esse comentário, que era quem cobrava, enchia o saco, ele tava de saco cheio de tanta cobrança desse dinheiro", disse o entregador de valores Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, em depoimento gravado em vídeo sobre um desabafo...

662 0

“Eu sei que ele fez esse comentário, que era quem cobrava, enchia o saco, ele tava de saco cheio de tanta cobrança desse dinheiro”, disse o entregador de valores Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, em depoimento gravado em vídeo sobre um desabafo do diretor da empreiteira UTC

Por Redação

aécio propaganda

De acordo com o depoimento do entregador de valores Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) era “o mais chato” na cobrança de propina à empreiteira UTC. A declaração foi gravada em vídeo a partir de um acordo de delação premiada.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Ceará foi contratado pelo doleiro Alberto Youssef e disse ter levado R$ 300 mil a um diretor da UTC, que seriam destinados a Aécio. E este diretor, de sobrenome Miranda, teria contado que o valor estava sendo “bastante cobrado” pelo tucano. “[Miranda] ainda falou que era o mais chato que tinha para cobrar”, ressaltou.

O entregador disse que ouviu um desabafo sobre o assunto. “Eu sei que ele fez esse comentário, que era quem cobrava, enchia o saco, ele tava de saco cheio de tanta cobrança desse dinheiro”, completou. A assessoria de Aécio Neves respondeu que considera “absurda e irresponsável” a denúncia sem comprovação.

Ceará também acusou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) de ter recebido propina, mas o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki determinou o arquivamento da investigação depois de uma contradição com o depoimento de outro delator.

Foto de capa: Reprodução/YouTube

No artigo

Comentários