Ex-senador do Tocantins é preso suspeito de abuso sexual contra crianças de 6 e 8 anos

As vítimas são filhas de um vaqueiro que trabalhava em uma das fazendas do político em Guaraí, na região central do Estado Da Redação O ex-senador por Tocantins...

789 0

As vítimas são filhas de um vaqueiro que trabalhava em uma das fazendas do político em Guaraí, na região central do Estado

Da Redação

Reprodução de foto da Agência Senado

O ex-senador por Tocantins e ex-deputado estadual Nezinho Alencar foi preso no último sábado, acusado de abusar sexualmente de duas crianças, de 6 e 8 anos. As investigações avançaram depois que o pai das vítimas, um vaqueiro que trabalhava em uma das fazendas do político, conseguiu gravar as imagens dos crimes com um celular escondido.

Segundo a Polícia Federal, responsável pela prisão, Nezinho Alencar também é acusado de posse de imagens de pornografia infantil. O político, que foi suplente do senador João Ribeiro (PR) entre 2003 e 2011, assumiu o mandato durante quatro meses em 2005. Ribeiro morreu em 2013 e hoje o mandato é cumprido por seu suplente Ataídes de Oliveira (PROS)

Nezinho também havia sido deputado estadual na primeira legislatura de Tocantins. Ele era um dos líderes do PMDB na região de Guaraí e participou da campanha do partido em 2014. A prisão foi determinada pela Justiça Federal.

Com informações do G1

No artigo

Comentários