Drauzio Varella: “O aborto já é livre no Brasil, é só ter dinheiro. Todo o resto é hipocrisia”

Em entrevista à BBC Brasil, o médico voltou a defender sua opinião sobre a interrupção de gravidez, que está em debate com a epidemia de zika vírus e as consequentes notificações de microcefalia em fetos.

2167 0

Em entrevista à BBC Brasil, o médico voltou a defender sua opinião sobre a interrupção de gravidez, que está em debate com a epidemia de zika vírus e as consequentes notificações de microcefalia em fetos

Por Redação

drauzio - youtube

Drauzio Varella, considerado o médico mais popular do país, voltou a defender sua opinião sobre a interrupção de gravidez. “O aborto já é livre no Brasil. É só ter dinheiro para fazer em condições até razoáveis. Todo o resto é falsidade. Todo o resto é hipocrisia”, afirmou em entrevista à BBC Brasil.

Varella criticou a interferência de religiosos no tema e destacou que a questão é mais ligada à desigualdade social: “A mulher rica faz normalmente e nunca acontece nada. Já viu alguma ser presa por isso? Agora, a mulher pobre, a mulher da favela, essa engrossa estatísticas. Essa morre.”

O assunto está em pauta com a epidemia de zika vírus e as consequentes notificações de microcefalia. Nos próximos dois meses, deve chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação que pede a descriminalização do aborto em casos como esse.

O médico declarou não ter ainda uma posição formada sobre esse fato, pois o diagnóstico definitivo de microcefalia é feito, em geral, no terceiro trimestre de gravidez, já próximo ao nascimento. No entanto, disse que respeita qualquer decisão.

Ele falou ainda sobre aqueles que culpam exclusivamente o governo pela epidemia. “O estado brasileiro falha em muitos níveis. Mas não dá pra colocar a culpa toda no Estado, essa é uma visão muito passiva. Larga-se o pneu com água armazenada, deixa-se a água acumular na calha… Esta culpa é compartilhada, a sociedade tem uma fração importante nessa luta”, ressaltou.

Foto de capa: Reprodução/YouTube

 

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários