Papa envia presente a ativista kirchnerista presa pelo governo Macri na Argentina

Em sinal de apoio, Francisco enviou um rosário abençoado a Milagro Sala, dirigente de um movimento social que constrói casas e escolas em regiões pobres do país, presa em janeiro por organizar um acampamento em frente à sede do governo. No final do mês,...

1152 0

Em sinal de apoio, Francisco enviou um rosário abençoado a Milagro Sala, dirigente de um movimento social que constrói casas e escolas em regiões pobres do país, presa em janeiro por organizar um acampamento em frente à sede do governo. No final do mês, o pontífice terá uma audiência com Macri para tratar sobre o caso

Por Redação

papaa

O Papa Francisco presenteou, na tarde desta segunda-feira (15), a dirigente kirchnerista e ativista oposicionista ao governo Macri na Argentina Milagro Sala. Ele enviou, por meio de Enrique Palmeyro – diretor de uma rede educacional da igreja – um rosário abençoado à ativista como sinal de apoio.

“Transmiti ao Papa o pedido de oração pela situação de Milagro Sala e os cumprimentos do movimento. E ele me deu um rosário abençoado para ela. O Papa está sempre atento a todos que sofrem, contudo, a Justiça terá que fazer todo o necessário sobre o caso”, disse Palmeyro em entrevista à rádio La Red.

Milagro é mais uma entre as dezenas de ativistas que fazem oposição ao governo recém-eleito de Mauricio Macri e está detida desde 16 de janeiro por organizar um acampamento em frente à Casa Rosada, sede do governo. Líder do movimento kirchnerista Tupac Amaru, que constrói casas e escolas em regiões pobres, a militante foi, a princípio, acusada de “arruaceira”, mas depois foi indiciada por fraude fiscal e associação com o narcotráfico. Ela teve sua casa invadida por policiais sem identificação e o caso é analisado pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH).

No final do mês o Papa Francisco estará na Argentina e participará de uma audiência com o presidente Macri para tratar do assunto.

Foto: Reprodução/Facebook

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!



No artigo

Comentários