Delcídio do Amaral será solto

O senador petista deve voltar às suas atividades no Congresso já na próxima semana; decisão do ministro Teori Zavascki atendeu a recurso impetrado pela defesa do parlamentar, preso desde 25 de novembro pela operação Lava Jato

281 0

O senador petista deve voltar às suas atividades no Congresso já na próxima semana; decisão do ministro Teori Zavascki atendeu a recurso impetrado pela defesa do parlamentar, preso desde 25 de novembro pela operação Lava Jato

Por Redação

delcidio-amaral

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, revogou, nesta sexta-feira (19), a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), preso desde 25 de novembro do ano passado pela operação Lava Jato. De acordo com os advogados do ex-líder do governo no Senado, o parlamentar já pode voltar às suas atividades no Congresso na próxima semana. As informações são da Folha de S; Paulo.

Delcídio, segundo os defensores, não teria realizado delação premiada como uma premissa para a soltura. A decisão do ministro do STF teria se baseado em um recurso impetrado pela defesa do petista, que será mantido em prisão domiciliar e não poderá sair do país.

A prisão do senador, no ano passado, havia sido embasada em uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República pelo filho do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, em que o petista teria oferecido R$ 50 mil por mês em um plano de fuga de Cerveró e sua família para fora do país.

“Fica evidente que a reunião marcada por Bernardo Cerveró buscava trazer o senador para uma armadilha, engendrada por ele. Cabe rememorar que a atuação típica de um agente infiltrado exige previa autorização judicial, não sendo possível que ela decorra de acordos entre o Ministério Público Federal e quem quer que seja”, argumentou a defesa de Delcídio na época de sua prisão.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

No artigo

Comentários