Samarco teria pago R$3,3 milhões por comercial no ‘Fantástico’, da Globo

A denúncia é do Comitê em Defesa dos Territórios Frente à Mineração, que teve acesso a tabela de preços do anúncio da emissora e fez o cálculo com base nas três inserções da companhia ao longo do programa - que tem uma das maiores...

2569 0

A denúncia é do Comitê em Defesa dos Territórios Frente à Mineração, que teve acesso a tabela de preços de anúncios da emissora e fez o cálculo com base nas três inserções da companhia ao longo do programa – que tem uma das maiores audiências da TV aberta; de acordo com a entidade, com esse valor seria possível pagar salários mínimos a 3.750 pescadores atingidos pela lama da barragem que se rompeu em Mariana (MG)

Por Redação

fantastic

De acordo com o Comitê em Defesa dos Territórios Frente à Mineração, a Samarco/Vale-BHP gastou R$3,3 milhões com a peça publicitária veiculada no último domingo (14) ao longo do programa ‘Fantástico’, da TV Globo. A denúncia foi feita com base na própria tabela de preços de anúncios da emissora e o valor é a soma do preço para as três inserções feitas pela companhia em um dos programas de maior audiência da TV aberta.

“Um anúncio nacional de 30 segundos no intervalo do Fantástico custa R$ 550.200,00. O comercial da Samarco “É sempre bom olhar para todos os lados” tinha ‪#‎1Minuto‬. Faça as contas, cada inserção custou R$ 1.100.400,00. Foram 3 inserções nacionais no último domingo. O que soma o montante de R$ 3.301.200,00. Ou seja, a Samarco pagou R$ 3,3 milhões por 3 minutos de propaganda nacional”, escreveu o Comitê em post na sua página do Facebook.

Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

A ação da empresa responsável pela maior tragédia ambiental do país – o rompimento da barragem em Mariana (MG) – revoltou telespectadores e internautas pela tentativa de melhorar sua imagem enquanto deixa de prestar assistência aos atingidos.

“O que a Samarco escancarou com a sua ação de marketing hipócrita com essa campanha, e seus anúncios na grande mídia foi deixar claro que não importam para ela os atingidos, não importa, para esse o Rio Doce, será uma luta árdua conseguir receber na justiça qualquer valor. Mas para limpar a lama tóxica da sua imagem, aí sim, há verba”, criticou a entidade.

Confira abaixo a íntegra do texto:

QUANTO CUSTARAM OS COMERCIAIS DA MINERADORA SAMARCO NO PROGRAMA FANTÁSTICO DO ÚLTIMO DOMINGO?

Na foto abaixo você pode acompanhar a Tabela de Preços dos anúncios na Rede Globo. Um anúncio nacional de 30 segundos no intervalo do Fantástico custa R$ 550.200,00. O comercial da Samarco “É sempre bom olhar para todos os lados” tinha ‪#‎1Minuto‬. Faça as contas, cada inserção custou R$ 1.100.400,00.

Foram 3 inserções nacionais no último domingo. O que soma o montante de R$ 3.301.200,00. Ou seja, a Samarco pagou R$ 3,3 milhões por 3 minutos de propaganda nacional em um dos programas de maior audiência na TV aberta.

Olhe para todos os lados e o que você vê?

Nós do Comitê vemos uma empresa disposta a investir o que for preciso em marketing e propaganda para tentar “limpar” sua imagem suja pela lama criminosa das suas operações assassinas.

De novo, faça as contas: R$ 3,3 milhões. O que poderia ser feito com esse dinheiro?

A Samarco poderia ter comprado 17 casas em Bento Rodrigues, para indenizar famílias que tiveram suas casas destruídas pela mineradora, ou pago o salário mínimo mensal acordado com o MP (e que não tem sido cumprido) de pagar um salário mínimo a 3.750 pescadores atingidos. Ou comprado ainda 3,3 milhões de litros de água mineral para a população de cidades como Governador Valadares, que não tem água segura para consumo humano na rede de abastecimento, pois o local de captação foi totalmente contaminado pela lama. E cidades onde a Samarco briga na justiça para não entregar mais água mineral.

O que a Samarco escancarou com a sua AÇÃO DE MARKETING hipócrita com essa campanha, e seus anúncios na grande mídia foi deixar claro que NÃO IMPORTAM PARA ELA OS ATINGIDOS, NÃO IMPORTA O RIO DOCE, para esses será uma luta árdua conseguir receber na justiça qualquer valor. Mas para limpar a lama tóxica da sua imagem, aí sim, há verba. E assim saúda investidores e o deus mercado do capitalismo.

Talvez os milhões investidos em grande empresas de comunicação não tenham sido suficientes para uma análise muito simples para a mineradora, a de que ela não atingiu de forma criminosa apenas a população de Mariana e da Bacia do Doce, mas sim a cada um dos ambientalistas, ativistas e defensores dos direitos humanos de todo país. E não Samarco, não permitiremos que você tripudie sobre a dor de todos aqueles dos quais destruiu suas vidas.

Ontem o CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) abriu um processo para verificar as denúncias à respeito da campanha “Fazer o que Deve ser Feito”, da Tom Comunicação para a Samarco. A entidade recebeu cerca de 50 reclamações. A maioria questiona a veracidade das informações do filme que está sendo veiculado na TV. Veja matéria no link (http://migre.me/t26XR )

Então Samarco/Vale/BHP que fique claro que ‪#‎NãoSomosIdiotas‬ e não, vocês não vão lavar essa lama com propagandinhas e manipulações maniqueístas. ‪#‎NãoEsqueremosDeMariana‬ e não permitiremos que ninguém tripudie dos mais de 3,2 milhões de atingidos pelo Crime de vocês.

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários