Em programa de TV, PT defende Lula e pede união contra a crise; veja

Partido destaca a valorização dos trabalhadores, geração de empregos e combate à miséria durante os governos do ex-presidente e da presidenta Dilma Da Redação No programa de TV...

517 0

Partido destaca a valorização dos trabalhadores, geração de empregos e combate à miséria durante os governos do ex-presidente e da presidenta Dilma

Da Redação

Foto: Lula Marques / Agência PT

No programa de TV que irá ao ar na próxima terça feira (23/02), o PT defende o ex-presidente Lula, destaca ao avanços sociais, a valorização dos trabalhadores, a geração de empregos e o combate à pobreza durante os quatro últimos governos. O partido pede união nacional contra a crise, lembra que o país já superou outros momentos difíceis e questiona o que chama de perseguição contra si.

Mesmo sem citar nominalmente os adversários, o programa mostra reportagens sobre as três vezes que o Brasil teve de recorrer ao FMI (Fundo Monetário Internacional) durante o governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), lembra aqueles que “sempre atacaram e caluniaram” o ex-presidente Lula e critica os que “não admitiram a derrota na eleição” de 2014.

O presidente nacional do partido, Rui Falcão, destaca que as dificuldades vividas hoje pelo Brasil são passageiras e serão superadas sem retirar conquistas da classe trabalhadora, como acontecia em “outros momentos” de dificuldade.

O ex-presidente Lula afirma que o governo do PT cometeu erros, “mas acertou mais do que errou”. Ele destaca a força do agronegócio brasileiro, que o Brasil tem a fonte de energia mais limpa das dez maiores economias do mundo e é o “terceiro maior exportador de aviões do mundo”. Também diz ser mais otimista hoje quanto ao futuro do país hoje do que quando tomou posse em 2003.

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários