Ano letivo começa na Argentina com paralisação de professores e 3 milhões de alunos sem aula

Em oito províncias do país sindicatos não conseguiram acordo sobre aumento salarial; ministro da Educação considera que paralisação não foi um ‘bom gesto’ Por Opera Mundi...

1356 0

Em oito províncias do país sindicatos não conseguiram acordo sobre aumento salarial; ministro da Educação considera que paralisação não foi um ‘bom gesto’

Por Opera Mundi

O ano letivo teve início nesta segunda-feira (29/02) na Argentina. Mas, em oito localidades do país (Córdoba, Santa Fé, Mendoza, Entre Ríos, Neuquén, Santa Cruz, Terra do Fogo e Chubut), os professores iniciaram uma paralisação devido à falta de acordo na negociação salarial.

Embora na província com mais número de alunos, Buenos Aires, e também na capital federal as aulas tenham iniciado normalmente, devido ao acordo alcançado entre os governos provinciais, federal e os sindicatos, cerca de três milhões de alunos, aproximadamente 1/3 da população em idade escolar, terão as atividades adiadas.

Os professores do interior do país argumentam que o governo do presidente Maurício Macri está demorando para fechar a ata com a proposta salarial e que as negociações provinciais estão atrasadas. Os sindicatos demandam aumentos que variam entre 30% e 50%.

Já o ministro de Educação, Esteban Bullrich, considerou que não foi “um bom gesto” de alguns sindicatos provinciais de “terem votado a paralisação antes do fim da negociação nacional” e disse estar “satisfeito” com o acordo alcançado.

Apesar de a negociação nacional ter sido encerrada, muitas províncias quiseram discutir a proposta com seus sindicatos regionais e não houve tempo hábil para isso, como esclarece Ajejando Demichelis, secretário de imprensa da Ctera (Confederação de Trabalhadores da Educação da República Argentina).

Buenos Aires

Em Buenos Aires, onde as aulas começaram normalmente, o governo provincial, comandado pela macrista María Eugenia Vidal, acordou um aumento de 35% para os professores, sendo que a província assumirá 25%, e o governo nacional, 10%.

A oferta do governo bonaerense contempla um salário inicial de 7.904 pesos (cerca de R$ 2 mil) em fevereiro, chegando a 9.801 pesos (cerca de R$ 2,5 mil) em julho. Já a Cidade de Buenos Aires fixou um montante de 11.372 pesos (R$ 2,9 mil) a partir de agosto.

Macri queria fechar a negociação no teto máximo de 25% para conter o avanço da inflação, mas o estabelecido em Buenos Aires abre um precedente para que as demais províncias não aceitem acordos menores que 35%.

Foto: Presidência argentina









Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041