Documentário “A Lista de Furnas” revela corrupção de tucanos na estatal; assista

Com direção de Max Alvim, o vídeo mostra a relação de 156 políticos e os respectivos valores que teriam sido recebidos na campanha eleitoral de 2002 do caixa 2 de empresas que prestaram serviços para Furnas. Entre eles, aparecem figuras como José Serra, Geraldo...

2304 0

Com direção de Max Alvim, o vídeo mostra a relação de 156 políticos e os respectivos valores que teriam sido recebidos na campanha eleitoral de 2002 do caixa 2 de empresas que prestaram serviços para Furnas. Entre eles, aparecem figuras como José Serra, Geraldo Alckmin, Aécio Neves, Sérgio Cabral e Eduardo Cunha

Por Redação

furnas

Com direção de Max Alvim e reportagem de Joaquim de Carvalho, o documentário “A Lista de Furnas”, coordenado pela equipe do portal Diário do Centro do Mundo, revela detalhes das irregularidades cometidas por integrantes do PSDB na estatal mineira. Ele mostra a relação de 156 políticos e os respectivos valores recebidos na campanha eleitoral de 2002 do caixa 2 de empresas que prestaram serviços para Furnas. Entre eles, aparecem figuras como José Serra, Geraldo Alckmin, Aécio Neves, Sérgio Cabral e Eduardo Cunha.

O senador Aécio Neves, inclusive, se destaca pelo protagonismo neste cenário. Além de receber diretamente para sua campanha R$ 5,5 milhões (13,1 milhões em valores corrigidos pelo IGP-M), segundo a pesquisa há outros indícios de que ele teria papel central no caso, pois são antigas as relações de sua família com as empresas públicas na área de energia. O documentário, que foi realizado por financiamento coletivo, tenta jogar luz sobre um dos maiores e mais abafados escândalos do país. O resultado do vídeo você confere a seguir.

No artigo

Comentários