Xico Sá: Querem prender Lula para a bandalheira ‘ganhar de WO’ em 2018

No Twitter, jornalista critica cerco da imprensa sobre o ex-presidente: "Mas o povo talvez reverta essa onda".

2943 0

No Twitter, jornalista critica cerco da imprensa sobre o ex-presidente: “Mas o povo talvez reverta essa onda”

Por Brasil 247

xico sá

No Twitter, jornalista Xico Sá critica cerco da imprensa sobre o ex-presidente Lula e diz que o ‘grande plano é Lula inelegível e preso em Curitiba, pra bandalheira ganhar por W/O em 2018’.

Leia abaixo a sequência de tweets de Xico Sá sobre o assunto:

‘ouvi do sub do sub de Curitiba: tudo planejado, é Lula uns dias preso e depois inelegível pra 2018, eis o grande sonho burguês, ta $erto

q tudo corra bem, sem o golpismo sugerido pela imprensa burguesa. Viva Jânio de Freitas, o cara q sabe ler a história e a vida, o grande!

ah, óbvio q o grande plano burguês da imprensa é Lula inelegível em 2018. ñ conseguirá ser candidato, mas o povo talvez reverta essa onda

obvio q o objetivo é Lula preso em Curitiba etc, mas o grande desejo da Direita é Lula inelegível pra bandalheira ganhar por W/O em 2018

prender o maior presidente da historia do Brasil, nem fudendo, Lula foi foda e será o maior de todos, vcs sabem disso
investigaçao jornalistica no Brasil é escolha de quem vamos fuder nessa hora. ai o pauteiro da Globo escolhe José Serra, por exemplo, hahaha

Vamo parar c/ essa palhaçada e ao mesmo tempo rir dela

Poxa, se o grande objetivo é não ter Lula em 2018, Q o eliminem

Não conheço nem um brasileiro mais honesto do Q critica por aí 0 governo , costuma ser mais enganador nos impostos’

Foto de capa: Divulgação/GNT

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários