Dilma: “Repudiamos o uso abusivo de vazamentos como arma política”

Em nota oficial, presidenta criticou o que chamou de vazamentos “apócrifos, seletivos e ilegais”, se referindo à suposta delação premiada do senador Delcídio do Amaral divulgada pela revista IstoÉ, e afirmou que a Constituição é “o guia fundamental” de seu governo Por Redação...

893 0

Em nota oficial, presidenta criticou o que chamou de vazamentos “apócrifos, seletivos e ilegais”, se referindo à suposta delação premiada do senador Delcídio do Amaral divulgada pela revista IstoÉ, e afirmou que a Constituição é “o guia fundamental” de seu governo

Por Redação

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff divulgou, no final da tarde desta quinta-feira (3), uma nota oficial na qual critica o que chamou de vazamentos “apócrifos, seletivos e ilegais”, fazendo clara referência à matéria divulgada pela revista IstoÉ que traz uma suposta delação premiada do senador Delcidio do Amaral (PT), em que teria feito denúncias contra o governo. A suposta delação sequer teria sido homologada e a defesa do senador não reconheceu a autenticidade do vazamento.

Confira abaixo a íntegra da nota de Dilma:

Todas as ações de meu governo têm se pautado pelo compromisso com o fortalecimento das instituições de Estado, pelo respeito aos direitos individuais, o combate à corrupção e a defesa dos princípios que regem o Estado Democrático de Direito. Nós cumprimos rigorosamente o que estipula a nossa Constituição. Em meu governo, a lei é o instrumento, o respeito ao cidadão é a norma e a Constituição é, pois, o guia fundamental de nossa atuação. Por isso, à luz de nossa lei maior defendemos o cumprimento estrito do devido processo legal. Os vazamentos apócrifos, seletivos e ilegais devem ser repudiados e ter sua origem rigorosamente apurada, já que ferem a lei, a justiça e a verdade. Se há delação premiada homologada e devidamente autorizada, é justo e legítimo que seu teor seja do conhecimento da sociedade. No entanto, repito, é necessária a autorização do Poder Judiciário. Repudiamos, em nome do Estado Democrático de Direito, o uso abusivo de vazamentos como arma política. Esses expedientes não contribuem para a estabilidade do País.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!



No artigo

Comentários