Em suposta referência a Lula, bispo de Aparecida (SP) aconselha “pisar na cabeça da jararaca”

Dois dias depois que o ex-presidente se comparou à serpente, o bispo-auxiliar fez, indiretamente, uma incitação ao ódio contra Lula em missa realizada no segundo maior templo católico do mundo. “Pisar na cabeça daqueles que se autodenominam jararacas. Vencer o mal pelo bem”, pregou....

1661 0

Dois dias depois que o ex-presidente se comparou à serpente, o bispo-auxiliar fez, indiretamente, uma incitação ao ódio contra Lula em missa realizada no segundo maior templo católico do mundo. “Pisar na cabeça daqueles que se autodenominam jararacas. Vencer o mal pelo bem”, pregou. Assista

Por Redação

dondarci

Em uma incitação indireta ao ódio contra o ex-presidente Lula, o bispo-auxiliar da Arquidiocese de Aparecida (SP), dom Darci José Nicioli, pediu para que os fiéis “pisem na cabeça da jararaca”. Seu discurso, de tom mais político que religioso, foi feito na missa deste domingo (6) do maior templo católico do Brasil e o segundo maior do mundo: a Basílica de Aparecida.

“Peça, meu irmão e minha irmã, a graça de pisar a cabeça da serpente. De todas as víboras que existem e persistem em nossas vidas”, pregou. “Daqueles que se autodenominam jararacas. Pisar a cabeça da serpente. Vencer o mal pelo bem, por Cristo nosso Senhor”, pregou dom Darci. Sua fala repercutiu nas redes sociais depois que telespectadores publicaram na internet o vídeo da cerimônia, que é transmitida em rede nacional por um canal da TV aberta.

que

Dois dias antes do discurso do bispo, Lula havia se comparado a uma jararaca ao comentar a operação da Polícia Federal que o aplicou a condução coercitiva para que prestasse esclarecimentos. Ironizando, afirmou que não mataram a “jararaca” pois teriam acertado o rabo, e não a cabeça.

Em nota, a assessoria do bispo dom Darci disse que o religioso teria feito referência a “Maria”, já que “ela pisou na cabeça da serpente”, que seriam “personificações do mal”. “As interpretações práticas ficam a cargo de cada fiel ouvinte”, diz o texto.

Leia também:

Secretário do PMDB-RS defende “bala na cara, tiro e porrada” contra PT e MST

No artigo

Comentários