Ato cerca a sede da Globo em Goiânia e chama a emissora de “Rede Esgoto”

Militantes gritaram contra a possibilidade de um golpe contra a presidenta Dilma e acusaram a família Marinho de ser “condutora do golpe” Da Redação Um grupo de manifestantes ligados a movimentos populares ocupou...

684 0

Militantes gritaram contra a possibilidade de um golpe contra a presidenta Dilma e acusaram a família Marinho de ser “condutora do golpe”

Da Redação

Foto: reprodução

Um grupo de manifestantes ligados a movimentos populares ocupou a sede da Rede Globo em Goiânia na noite desta terça-feira. Eles fizeram diversas pichações contra a emissora, a quem se referiram como “Rede Esgoto”.

Em outras pichações e em gritos, os militantes também se manifestaram contra a possibilidade de um golpe contra a presidenta Dilma Rousseff (PT). A família Marinho, proprietária da rede, era apontada como “condutora do golpe” em razão dos textos publicados por seus colunistas e forma como tem coberto as ações contra a presidenta e o ex-presidente Lula, além de omitir notícias negativas que atingem seus adversários.

No artigo

Comentários