Grampo é encontrado na casa de Lula após operação da PF

Ainda não se sabe a procedência do dispositivo, quando exatamente ele foi instalado e se é legal — ou seja, autorizado por um juiz.

1468 0

Ainda não se sabe a procedência do dispositivo, quando exatamente ele foi instalado e se é legal — ou seja, autorizado por um juiz

Por Redação

Foto: Instituto Lula

De acordo com o jornalista Kiko Nogueira, do portal Diário do Centro do Mundo, um grampo foi encontrado no sofá da casa do ex-presidente Lula depois da operação da Polícia Federal na sexta-feira (4). Uma das pessoas que estiveram no apartamento do petista relatou o fato. Ainda não se sabe a procedência do dispositivo, quando exatamente ele foi instalado e se é legal — ou seja, autorizado por um juiz.

Na segunda (7), o Instituto Lula declarou que sua sede teve caixas reviradas e uma porta arrombada na ação dos policiais durante a 24ª fase da Operação Lava Jato. Celso Marcondes, diretor do local, disse que o arrombamento foi desnecessário. “A porta arrombada é um absurdo. A chave estava com uma das moças que estava acompanhando os agentes, bastava ter pedido, mas ninguém pediu a chave”, afirmou.

Foto de capa: Instituto Lula

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários