Instituto Lula rebate em nota e vídeos alegações de promotor paulista

Entidade apresenta documentos e diz que o ex-presidente “não pode ocultar patrimônio que não é dele”

745 0

Entidade apresenta documentos e diz que o ex-presidente “não pode ocultar patrimônio que não é dele”

Por Redação

Foto: Paulo Pinto / Fotos Públicas

O Instituto Lula divulgou uma série de documentos e vídeos nesta quinta-feira (10/03) para responder à denúncia feita pelo promotor paulista Cássio Conserino contra o ex-presidente. Os documentos demonstram que Lula não é dono do apartamento no Guarujá nem do sítio em Atibaia.

Além disso, demonstram que o ex-presidente declarava em seu imposto de renda que era dono de uma cota do empreendimento no litoral paulista, mas não fez a opção de compra.

Leia a nota na íntegra:

A denúncia do promotor Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo, não tem base na realidade, conforme o Instituto Lula já mostrou. Em 30 de janeiro deste ano, foram divulgados todos os documentos relativos à cota do Edifício Solaris, que mostram que Lula e sua família nunca tiveram apartamento no Guarujá (leia e entenda porque ele não é dono do apartamento). O ex-presidente sempre declarou a cota em seu Imposto de Renda. 

Tais documentos foram encaminhados ao promotor. Leia aqui os documentos enviados ao MP. Já era previsível, no entanto, que Conserino encaminhasse a denúncia, já que declarou à revista Veja que considerava o ex-presidente culpado antes mesmo de ouvir a defesa de Lula. 

O ex-presidente Lula já desmentiu essa acusação mais de uma vez, frente às autoridades e em discursos. O ex-presidente Lula não é proprietário nem de triplex no Guarujá nem de sítio em Atibaia, e não cometeu nenhuma ilegalidade. Ele apresentou sua defesa em documentos que provam isso às autoridades competentes. 

Assista ao vídeo em que o ex-presidente Lula desmente as acusações.

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.



No artigo

Comentários