Kataguiri invoca Power Rangers para convocar manifestantes

Kim Kataguiri ganha espaço adicional na Folha de S. Paulo do domingo e invoca série infanto-juvenil para chamar protestos. “Os Rangers uniam-se e fundiam seus veículos para compor o robô gigante. Precisamos de algumas centenas de milhares de brasileiros para montar o nosso”, exorta Por...

2408 0

Kim Kataguiri ganha espaço adicional na Folha de S. Paulo do domingo e invoca série infanto-juvenil para chamar protestos. “Os Rangers uniam-se e fundiam seus veículos para compor o robô gigante. Precisamos de algumas centenas de milhares de brasileiros para montar o nosso”, exorta

Por Redação

power rangers

O colunista da Folha de S. Paulo Kim Kataguiri teve, neste domingo, um espaço adicional na seção Tendências e Debates para fazer sua convocação aos protestos de domingo. Em seu texto, demonstra seu repertório cultural ao citar a série infanto-juvenil Power Rangers para chamar manifestantes às ruas.

“Enquanto Lula aparelhava o Estado, eu estava no quintal de casa, fingindo ser um dos heróis da série ‘Power Rangers’. No programa, um inimigo ficava gigante quando era derrotado pela primeira vez, causando ainda mais destruição. Os Rangers, então, tinham de utilizar um robô igualmente colossal para combatê-lo”, relembra em seu texto.

“O que aprendi com o petismo assemelha-se muito ao que aprendi com vilões de séries e desenhos. Existe, é claro, a diferença fundamental de que os petistas têm ambições mais singelas: querem apenas dominar o Estado, não o mundo inteiro”, filosofa. No decorrer de sua análise, compara o PT aos “monstros” da sua infância e diz que sua geração “precisa viver a democracia” porque, segundo ele, “nunca experimentou nada além da ditadura da propina implantada pelo PT”.

No fim, faz um apelo. “Os Rangers uniam-se e fundiam seus veículos para compor o robô gigante. Precisamos de algumas centenas de milhares de brasileiros para montar o nosso.”

Confira o texto na íntegra aqui.

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!



No artigo

Comentários