Lobão divulga endereço de filho de Teori Zavascki no Twitter

Cantor usou a rede social para convocar seus seguidores para protestarem em frente ao local, causando constrangimento à família, desde que o ministro do STF classificou como inconstitucionais os grampos telefônicos de Lula.

6621 2

Cantor usou a rede social para convocar seus seguidores para protestarem em frente ao local, causando constrangimento à família, desde que o ministro do STF classificou como inconstitucionais os grampos telefônicos de Lula 

Por Redação

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 11/12/2010. O cantor Lobão durante entrevista no Hotel Novo Mundo, no Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro. - Crédito:FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Código imagem:164142

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki determinou na noite de ontem (22) que o juiz Sérgio Moro envie à Corte todas as investigações relativas ao ex-presidente Lula e também recolocou o sigilo das gravações interceptadas pela Lava Jato que envolviam o líder petista. Para Zavascki, a decisão de Moro de decretar o fim do sigilo dos grampos foi ilegal e inconstitucional e, por isso, precisou ser reavaliada.

Desde então, membros da oposição ao governo não demoraram para dar início a todo tipo de retaliação. O cantor Lobão, por exemplo, usou a rede social Twitter para divulgar o endereço do filho do ministro no Rio Grande do Sul e convocar seus seguidores para protestarem em frente ao local, causando constrangimento à família.

Veja abaixo a publicação do músico.

lobão teori


Foto de capa: Brasil Post

No artigo

Comentários

2 comments

  1. ismar guijarro Responder

    TINHA QUE SER UM CANINO MESMO, ESSE BICHO NÃO TOMOU VACINA ANTI RÁBICA, – PAU NESTE VAGABUNDO
    CHAMEM A CARRROCINHA RSRSRSRSRS

  2. Alexandre Responder

    É uma filhadaputice do Lobão causar problemas ao filho do Ministro. Se ainda fosse o endereço do próprio ministro, vá lá! Mas o certo, mesmo, seria lutar para mudar a forma de nomeação PARA ÓS PRÓXIMOS MINISTROS do STF. Afinal, os que lá estão foram nomeados seguindo a mesma regra que existia desde muito antes do governo do PT e nunca ninguém a questionou. E não se muda a regra no meio do jogo. O Judiciário precisa ser respeitado por todos, gostemos das decisões ou não.