Em ato pró-impeachment, alunos do Mackenzie pedem o fechamento das fronteiras do Brasil

Manifestantes imitaram neonazistas europeus ao protestar contra a “islamização do Brasil”, atacaram o PT e defenderam a atuação do juiz federal Sergio Moro Da Redação...

2958 0

Manifestantes imitaram neonazistas europeus ao protestar contra a “islamização do Brasil”, atacaram o PT e defenderam a atuação do juiz federal Sergio Moro

Da Redação

Foto: Lais Lais / Jornalistas Livres

Um grupo de alunos da Universidade Mackenzie, em São Paulo, fez uma manifestação na noite desta segunda-feira (28/03) em favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT). Com cartazes e um caminhão de som, eles atacacam o PT e defenderam a atuação do juiz federal Sergio Moro.

O que mais chamou a atenção, no entanto, foi a importação do discurso de neonazistas da Europa. Um cartaz defendia o fechamento das fronteiras do país e atacava a “islamização do Brasil”.

Na semana passada, as imediações da universidade receberam um ato contrário ao golpe e em defesa da democracia, que teve o apoio de alunos de outras instituições de ensino.

No artigo

Comentários