Resposta a ataque gordofóbico viraliza nas redes sociais

“Faltou o ‘linda’ na frente”, escreveu a jornalista Jéssica Balbino ao se deparar com uma pichação de “Jéssica gorda” no muro de sua casa, em Minas Gerais. “Se a intenção era me ofender, deu errado” Por Ivan Longo...

2512 0

“Faltou o ‘linda’ na frente”, escreveu a jornalista Jéssica Balbino ao se deparar com uma pichação de “Jéssica gorda” no muro de sua casa, em Minas Gerais. “Se a intenção era me ofender, deu errado”

Por Ivan Longo

jessicab

O autor da pichação “Jéssica gorda”, no muro da casa da jornalista e produtora cultural Jéssica Balbino, em Minas Gerais, deve estar orgulhoso se sua intenção era a de elogiar a jovem, já que a foto viralizou nas redes sociais e, no Facebook, já ultrapassa os 14 mil compartilhamentos. Se sua intenção, no entanto, era a de ofendê-la, deve estar, no mínimo, temeroso. Isso porque Jéssica, apesar do bom humor, já registrou um boletim de ocorrência e as mensagens de apoio à jornalista não param de crescer.

Balbino estava saindo para trabalhar na manhã desta segunda-feira (28) quando se deparou com a pichação. A resposta da jornalista foi o ponta pé inicial para que a discussão em torno da gordofobia ganhasse as redes sociais.

“Aí hoje eu acordei pra ir trabalhar e tinha essa pichação no meu muro. Acho que faltou o ‘linda’ na frente, mas, ainda bem que contaram algo que eu sou, né. Se a intenção era me ofender, deu errado, porque me representa. Ficaria chateada se tivessem dito que eu sou burra, criminosa, ou algo do tipo. Gorda é exatamente o que sou”, escreveu a jornalista no Facebook.

Aí hoje eu acordei pra ir trabalhar e tinha essa pichação no meu muro. Acho que faltou o ‘linda’ na frente, mas, ainda…

Posted by Jéssica Balbino on Monday, 28 March 2016

Ainda que o caso tenha alcançado repercussão pela resposta gentil em detrimento do ódio exposto na mensagem, Jéssica destaca que foi um ato violento. “Machuca não pelo teor, mas pelo crime, pela tentativa de ofensa gratuita. Apesar de achar positivo as pessoas estarem discutindo, pensando sobre os padrões estéticos, quero achar quem fez isso e entender o motivo”, explicou à Fórum.

Acostumada a falar sobre padrões de beleza e gordofobia nas redes socias, Jéssica já tem uma ideia do que fazer com o muro. Além de querer concretizar a ideia de completar a frase com um “linda”, ela planeja transformá-lo, com a ajuda de um artista plástico, em uma obra de arte que retrate pessoas gordas, algo na linha do pintor e escultor colombiano Fernando Botero.

Foto: Reprodução/Facebook

 

No artigo

Comentários