Maioria do Conselho decide demitir procurador acusado de agressão à esposa

Douglas Kirchner, procurador que representou contra Lula, é acusado de submeter a esposa a castigos físicos e mantê-la em cárcere privado com a ajuda de uma pastora da Igreja Evangélica Hadar em Rondônia.

2751 0

Douglas Kirchner, procurador que representou contra Lula, é acusado de submeter a esposa a castigos físicos e mantê-la em cárcere privado com a ajuda de uma pastora da Igreja Evangélica Hadar em Rondônia

Por Redação*

douglas-2

Ontem (29), a maioria do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) votou pela demissão
do procurador Douglas Kirchner, acusado de agredir e manter a esposa em cárcere privado. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que preside o conselho, adiantou sua posição pelo afastamento do colega. Se o plenário confirmar, caberá a ele oficializar a demissão, já que Kirchner está em estágio probatório.

Embora oito dos 14 membros do colegiado tenham se manifestado, com o pedido de vista do conselheiro Walter de Agra a conclusão do julgamento deve ser adiada. A acusação é de que Kirchner tenha agredido Tamires Souza Alexandre em 2014, além de ter acompanhado castigos físicos impostos a ela por uma pastora da seita Igreja Evangélica Hadar, em Porto Velho, capital de Rondônia. A vítima teria fugido do alojamento onde era mantida com pouca alimentação e sem acesso a itens básicos de higiene pessoal.

O procurador ganhou notoriedade em todo o país por ter atuado na investigação que apura suposto tráfico de influência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a empreiteira Odebrecht. Os advogados do petista o acusam de negar acesso aos documentos do inquérito.

• Com informações da Folha de S. Paulo

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!



No artigo

Comentários