O golpismo traduzido em uma imagem

Pouco antes do primeiro pronunciamento do vice-presidente Michel Temer (PMDB) após o afastamento da presidenta eleita, o peemedebista sussurra ao candidato derrotado nas eleições de 2014, que sequer cargo no novo governo tem Por Redação...

3387 1

Pouco antes do primeiro pronunciamento do vice-presidente Michel Temer (PMDB) após o afastamento da presidenta eleita, o peemedebista sussurra ao candidato derrotado nas eleições de 2014, que sequer cargo no novo governo tem

Por Redação

temeraec

Os sorrisos, as risadas, a ausência de mulheres, negros ou qualquer tipo de minoria entre os ministros escolhidos pelo vice-presidente Michel Temer em seu primeiro pronunciamento após assumir o lugar da presidenta eleita afastada não foram suficientes para escancarar o golpismo que permeia todo o processo de impeachment.

Pouco antes de sua fala, Temer sussurra com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o candidato derrotado por Dilma em 2014 que, desde então, não reconhece sua derrota e tenta derrubar a presidenta. Os motivos que levaram o tucano a estar tão à vontade ao lado de Temer neste momento – sendo que sequer cargo no novo governo tem – são, no mínimo, sugestivos.

Em tempo: José Serra (PSDB-SP), recém empossado ministro das Relações Exteriores e que foi outro tucano derrotado pela presidenta nas eleições, também esteve presente e entrou no governo sem ter sido eleito para tal.

Foto: Reprodução/NBR

 


Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum e recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa e ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa, ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses e 1 camiseta personalizada após 1 ano.





Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários

1 comment

  1. Maria Lucia Responder

    Adivinha o que ele falou pro aecio! “Te vinguei amigo, e agora estamos livres da cadeia”….. Êbaaaa acabou a corrupção no Brasil. kkkkkkkkkkkkkkkk