Em TV portuguesa, Gregorio Duvivier critica Temer e desmascara o golpe

Humorista não poupou críticas ao peemedebista e ao golpe realizado no Brasil: "Então, tira uma presidente democraticamente eleita, com 53 milhões de votos, para empossar um sujeito que não teria nem 1% de intenção de voto e que é réu. Uma presidente que não...

2059 0

Comediante não poupou críticas ao peemedebista e ao golpe realizado no Brasil: “Então, tira uma presidente democraticamente eleita, com 53 milhões de votos, para empossar um sujeito que não teria nem 1% de intenção de voto e que é réu. Uma presidente que não é ré, que não foi julgada, que nada foi provado contra ela”

Por Redação

Em entrevista ao SIC Notícias, em Portugal, o humorista Gregorio Duvivier comentou ontem (12) sobre a posse de Michel Temer como presidente da República. Decepcionado, ele não poupou críticas ao peemedebista e ao golpe realizado no Brasil. “Para mim, é muito deprimente isso. Ver um sujeito que teria 1% de intenção de voto hoje. É um sujeito odiado. Ele é unanimamente odiado pela população. Como vocês viram, não tem nenhuma legitimidade, tampouco tem algum tipo de inteligência. É réu da Lava Jato”, disse.

Gregorio ressaltou a contradição no fato de Temer, além de ser investigado, ainda ter nomeado sete ministros que são alvo da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. “Então, tira uma presidente democraticamente eleita, com 53 milhões de votos, para empossar um sujeito que não teria nem 1% de intenção de voto e que é réu. Uma presidente que não é ré, que não foi julgada, que nada foi provado contra ela”, afirmou.

O comediante comentou com os apresentadores como recebeu a notícia de que Temer era o novo mandatário do país. “Eu estava no avião. Eu saí do Brasil, a presidente era a Dilma. Eu cheguei, é um golpista”, lamentou.

Veja a entrevista completa abaixo:



No artigo