Órgão do governo Temer altera página de Paulo Freire na Wikipedia: “Doutrinação marxista”

A página com a biografia do autor de “Pedagogia do Oprimido”, terceira obra mais citada do mundo em trabalhos de ciências humanas, foi alterada por um órgão governamental que não teve...

7195 0

A página com a biografia do autor de “Pedagogia do Oprimido”, terceira obra mais citada do mundo em trabalhos de ciências humanas, foi alterada por um órgão governamental que não teve o nome divulgado. Na alteração, Freire é acusado de “doutrinação marxista” e tido como responsável por uma educação “atrasada, doutrinária e fraca”

Por Redação

Um grupo que monitora modificações feitas nas páginas da enciclopédia virtual colaborativa Wikipedia identificou, na última terça-feira (28), uma alteração feita na biografia do educador Paulo Freire. Foi adicionado à sua descrição trechos de texto publicado originalmente no site do Instituto Liberal intitulado “Paulo Freire e o Assassinato do Conhecimento”.

Nos verbetes alterados, Paulo Freire é acusado de “doutrinação marxista” e tido como o responsável por uma educação “atrasada, doutrinária e fraca”.

Reprodução/WIkipedia
Reprodução/WIkipedia

De acordo com os registros do site vasculhados, a alteração teria partido de uma rede do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) que, em nota, negou que tenha feito a mudança. A rede informou, no entanto, que a alteração partiu de outro órgão público federal que “não pode ter o nome divulgado”.

As críticas de “doutrinação marxista” com relação ao trabalho de Paulo Freire são muito recorrentes entre integrantes do movimento “Escola sem partido”, que tem tido grande inserção no ministério da Educação do governo interino.

Paulo Freire é um dos maiores pensadores contemporâneos e é autor de “Pedagogia do Oprimido”, de 1968. A obra é a terceira mais citada do mundo em trabalhos de ciências humanas.

 

 



No artigo