Web-documentário mostra articulação do golpe no Brasil

O vídeo traça quais foram as forças que atuaram para conseguir derrubar a presidenta eleita Dilma Rousseff. Assista na íntegra Por Redação...

1813 0

O vídeo traça quais foram as forças que atuaram para conseguir derrubar a presidenta eleita Dilma Rousseff. Assista na íntegra

Por Redação

Um web-documentário de 50 minutos de duração conta como que se deu a articulação do golpe parlamentar que ocorreu no Brasil em 2016 que culminou com a saída presidenta eleita Dilma Rousseff (PT) do poder para colocar em seu lugar o então vice-presidente, Michel Temer (PMDB).

O vídeo resgata desde as manifestações de 2013, conhecidas como Jornadas de Junho, e mostra em detalhes com imagens de diversas emissoras de televisão e até mesmo vídeos de internet e apresenta quais foram as forças que atuaram para a derrubada de Dilma do poder.

Se você está gostando desta matéria, apoie a Fórum se tornando sócio. Pra fazer jornalismo de qualidade nós precisamos do seu apoio.

“A prática do golpe de Estado legal parece ser a nova estratégia das oligarquias latino-americanas. Em 1964, grandes manifestações “da família com Deus pela liberdade” prepararam o terreno para o golpe contra o presidente João Goulart; desta vez, multidões “patrióticas” – influenciada pela imprensa submissa – mobilizaram-se para exigir a destituição de Dilma, em alguns casos chegando a pedir o retorno dos militares”, escreveu o autor na descrição do vídeo.

Assista o documentário na íntegra aqui:

 

Foto de Capa: Antonio Cruz/Agência Brasil









Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários