Sheherazade dispensa apoio feminista e diz que o que aconteceu foi uma “brincadeira” com o patrão

Muitas mulheres, ainda que de pensamentos ideológicos e políticos diferentes da jornalista, entenderam que Sheherazade foi vítima de machismo de Silvio Santos ao ser constrangida ao vivo. Ela mesma, no entanto,...

544 0

Muitas mulheres, ainda que de pensamentos ideológicos e políticos diferentes da jornalista, entenderam que Sheherazade foi vítima de machismo de Silvio Santos ao ser constrangida ao vivo. Ela mesma, no entanto, não achou, e saiu em defesa do patrão: “Há que haver o mínimo de inteligência para entender nossas brincadeiras”

Por Redação

Um dos assuntos mais discutidos ao longo da semana foi a forma como Silvio Santos se dirigiu à jornalista Rachel Sheherezade na entrega dos prêmios do “Troféu Imprensa”. O apresentador e dono do SBT a constrangeu ao afirmar que ela não havia sido contratada para dar opinião, mas sim para usar sua beleza e sua voz para ler notícias.

O machismo de Silvio Santos foi muito claro. Pelo fato de a jornalista ter posições políticas conservadoras e muitas vezes antifeministas, muitos interpretaram que Rachel foi vítima do tipo de ideologia que ela mesma prega. De outro lado, muitas mulheres demonstraram sororidade e defenderam que qualquer mulher, independente de suas posições políticas, deve receber apoio de outras mulheres quando se torna vítima de machismo.

A própria jornalista, no entanto, dispensou esses apoios na resposta que deu após toda a repercussão do caso. Em uma postagem em seu Facebook, ela classificou o episódio como “brincadeira” e saiu em defesa de seu patrão.

“Patrão, há que haver um mínimo de inteligência para entender nossas brincadeiras! Obrigada pela chance de fazer brilhar o meu intelecto!”, escreveu.



No artigo