“Mandaram matar o meu pai”, defende Francisco Zavascki

Filho do ex-ministro do STF Teori Zavascki fez um desabafo no Facebook: “Não tem coisa que me embrulha mais o estômago do que lembrar que, no dia do velório do meu pai, diante de tanta dor, ainda...

156 0

Filho do ex-ministro do STF Teori Zavascki fez um desabafo no Facebook: “Não tem coisa que me embrulha mais o estômago do que lembrar que, no dia do velório do meu pai, diante de tanta dor, ainda tive que cumprimentar os membros daquele que foi apelidado de ‘o cortejo dos delatados’. Impeachment já!”

Por Redação

Francisco Zavascki, filho do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, fez uma postagem no Facebook questionando sobre a morte do pai, vítima de um acidente aéreo em janeiro.

“Derrubaram a Dilma e assumiu o Temer. Do que eles são capazes? Será que só pagar o silêncio alheio ou derrubar avião também está valendo?”, indagou. O texto foi apagado em seguida, mas acabou sendo compartilhado por internautas.

“Não tem coisa que me embrulha mais o estômago do que lembrar que, no dia do velório do meu pai, diante de tanta dor, ainda tive que cumprimentar os membros daquele que foi apelidado naquele mesmo dia de o ‘cortejo dos delatados’. Impeachment já!”, afirmou.

Leia o depoimento na íntegra.

Foto: Beto Barata/PR









Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.





No artigo

Comentários