Mecenas Feministas

Texto de Kel Campos. Não há que se discutir que, no mundo das artes, as mulheres passam por maiores dificuldades para reconhecimento de seu talento. Converse por minutos com alguma mina que produza bons conteúdos, e já tenha alcançado reconhecimento público, e peça...

Texto de Kel Campos.

Não há que se discutir que, no mundo das artes, as mulheres passam por maiores dificuldades para reconhecimento de seu talento. Converse por minutos com alguma mina que produza bons conteúdos, e já tenha alcançado reconhecimento público, e peça que ela lhe conte as dificuldades que passou por ser uma garota.

Na literatura, nas artes visuais, no teatro, no cinema, na cultura pop, garotas serão sempre olhadas com desconfiança.

Então, se você, assim como eu, é uma amante de artes e coisas fofas e criativas, saiba que você pode consumir e apoiar mulheres incríveis que produzem.

Vou indicar aqui 10 das minhas preferidas. Com algumas você pode contribuir diretamente, de modo muito simples. Para outras, é preciso um pouco mais de gastos. Mas, se você cogita consumir arte, pense antes em apoiar uma mulher.

*esse não é um publieditorial

Minhas indicadas, em ordem alfabética:

1. Adelaide Ivánova

Foto da série "adelaide".
Foto da série “adelaide”.

A pessoa incrível por trás do Bolhas, Champanhe, Cowboy é Adelaide Ivánova.  Ivi, como é conhecida por suas leitorinhas, não se esquiva de pronunciar seu feminismo. Além de estimular a autoestima higher de quem a acompanha, a fotógrafa nos agracia com o Saldão da Ivi, onde é possível adquirir algumas de suas lindas fotografias por preços acessíveis (estou na torcida pelo próximo).

Das séries da Ivi que você tem que acessar:

it’s ok to be a boy 

Fotos lindas sobre moças que sofreram violência sexual

autonomy (…)

Uma série de fotografias sobre transição.

adelaide

Uma série de fotografias da avó. Tem como ser mais linda? É dela a foto acima.

Se ela lançar um saldão de novo, cogite adquirir uma das lindezas que ela produz. É muito amor e arte.

2. Aline Valek

 

Aline escreve. Aline ilustra. Aline cria. Aline fala de comida. E ainda é feminista. Ufa!

Se você não  a conhece, recomendo começar por aqui. Se gostar do conteúdo, pague a autora. Uma assinatura mensal da Aline custa R$ 10,00. Justo pelas gargalhadas que o newsletter vai te proporcionar. E ainda traz um bocado de reflexão importante.

Seja uma mecena de artes. Apoie a Aline.

3. Camila Belotti

tumblr_ngdqbvcirT1qfxcyfo1_500

 

Bordados. Lindos. Atuais. Detalhados. Um toque de bom gosto que “Belô para Laundry” vende em doses amorosas.

Riquezas de detalhes. Cores. A representação é sempre feminina. Quadros, xícaras, enfeites. Coisas lindas que dá gosto de ver. Vale conhecer. E incentivar não só a artista, mas a retomada de antigas técnicas que podem integrar mulheres em novos clubes de bordado.

Há, inclusive, muitas minas produzindo arte em bastidores. Artes declaradamente feministas. Indico fortemente. Seja aprendendo. Seja disseminando. Seja adquirindo.

4. Insubmissas (Mulheres na Ciência)

 

???????????????????????????????

Uma peça de teatro que, apesar de ser dirigida por um homem, relata a história de quatro mulheres cientistas: Marie Curie, Bertha Lutz, Rosalind Franklin e Hipácia de Alexandria. Em cartaz no teatro Arena até o dia 31 de maio, é uma oportunidade boa, com preço acessível, para prestigiar mulheres cientistas.

As personagens falam do quanto é difícil fazer parte da ciência, ambiente ainda dominado por homens.

A peça conta com as atrizes Adriana Dham, Letícia Olivares, Monika Ploger, Selma Luchesi e Vera Kowaslka.

5. Jarid Arraes

pág-13-660x390_1

Cultura de cordel. Sobre feminismo. Sobre gênero. Sobre raça. Sobre orientação sexual.

Cearense, Jarid conseguiu usar uma cultura regional em favor de suas lutas.

“Grande parte das coisas que me incomodavam no mundo partem de pressupostos que desvalorizam e trazem imposições ao comportamento feminino. Enxergar isso me trouxe  empoderamento e eu decidi militar, porque quero levar essa conscientização para mais pessoas”. 

Você pode colaborar com a autora ou adquirir um título de cordel por R$ 2,00.

6. Ju Amora

MPL_2

Inquieta, Ju amora decidiu externar a beleza por meio de andanças pelo mundo. E, vendo tanta coisa bonita, e querendo compartilhar cores por aí, criou o projeto Banqueteria.

Ela cria banquinhos de madeira lindos, com um toque de personalização, se preciso for.

7. Lina Chamie

cartazss

Diretora de cinema. Brasileira e fantástica. Se você aprecia cinema é um dever conhecer o trabalho dessa mulher encantadora. Já realizou longas de ficção maravilhosos.

Mas, é o documentário “São Silvestre” minha obra preferida. Não só minha. Muitos críticos de cinema o consideraram o melhor filme de 2013. Sensorial, é um documentário com a visão de alguém que se apropria da cidade de São Paulo poeticamente, é sobre pessoas que se apropriam da cidade apaixonadamente, para que pessoas se apropriem de todo esse conceito emocionadamente. Recomendo infinito.

8. Maria Fernanda Brum

nanda_cigana-caio

Nanda, como é conhecida por seus clientes, é paciente. É criativa. Determinada. E muito honesta com o que faz. Iniciou na tatuagem numa época em que poucas mulheres conseguiam espaço. Não parece ter sido uma conquista fácil, mas hoje Nanda é uma das top tatuadoras do país.

Além da beleza que ela transmite em desenhos exclusivos, com muita influência boa, tais como art nouveau e Sailor Jerry, tem um traço perfeito que deixa amantes de tatuagem babando.

Se você não tem coragem de fazer marcas indeléveis pelo corpo, Nanda também cria móveis, quadros e pinta paredes com todas essas influências divas.

9. Mariana Mari

450xN

Se a mulher não deve ocupar papel de coadjuvante no mundo, a marca Heroicas, cria da Maria Mari, está aqui para lembrar.

Uma marca de mulheres para mulheres, tem camiseta, tem caneca, tem caderninho e tem protagonismo. E é vendido diretamente por quem faz.

10. Mulheres Artesãs

mulheres

Em toda viagem que fazemos, em toda visita à feira livre ou bazar, sempre há uma mulher vendendo arte. São muitos formatos, para todos os gostos.  Elas complementam a renda em casa, vivem disso ou apenas amam. Não importa. Comprar de quem faz com amor é sempre gratificante. Então, repense seu consumo e busque uma mulher para empoderar.


Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum e recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa e ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa, ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses e 1 camiseta personalizada após 1 ano.





Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.




Join the Conversation