PORQUE EU VOU ÀS RUAS CONTRA O GOLPE

Bem, resolvi fazer uma colagem para mostrar porque vou às ruas, não para defender um partido ou uma pessoa,...

brasileiros-em-paris

Bem, resolvi fazer uma colagem para mostrar porque vou às ruas, não para defender um partido ou uma pessoa, mas para defender a Democracia. Neste texto mostro porque me preocupa tanto essa tentativa de mudar o Presidente através desse processo de impeachment.

Bem, para começar, vocês têm duvida que se a Dilma realmente cair, os investigadores da Lava Jato e demais investigações poderão ter dificuldades em apurar a corrupção? Pois leia aqui e veja o que dizem eles: http://politica.estadao.com.br/…/geral,governos-anteriores-…

E o que vocês acham de um Impeachment que é “acelerado” pelo Presidente Eduardo Cunha na Câmara? O mais patético é saber que a corrupção na Petrobrás remonta à década de 80 do século passado, e justamente agora, em um governo no qual não se atrapalha nenhuma investigação – e onde todos podem ser investigados – justamente nesse governo, querem derrubar o Governo. Não acredita que a corrupção na Petrobrás não foi criada agora? Veja aqui: http://politica.estadao.com.br/…/ex-gerente-diz-que-propin…/

Mas, dizem, que impeachment não é golpe de jeito nenhum. Será? Pois saibam que até um Ministro do STF já disse que sem existir um crime de responsabilidade nos termos da Constituição Federal, impeachment pode ser golpe sim. Não acreditam? Leiam aqui: http://m.politica.estadao.com.br/…/geral,ministro-do-stf-in…

É preocupante também que existam denúncias de ligação dos movimentos que querem derrubar a DIlma – e só a Dilma ou quem for do seu partido – e bilionários conservadores dos EUA ou do Brasil. Não acredita? Pois leia mais aqui nesta matéria da Revista Piauí do Estadão, informando que o MBL reconhece que recebe doações de empresários mas não diz quem seriam: http://revistapiaui.estadao.com.br/…/tea-party-a-brasileira/

Mais preocupante quando sabemos que existe uma tentativa de “flexibilizar” a nossa maior Estatal e um dos maiores defensores do Impeachment, José Serra do PSDB, é autor de Projeto que poderá “quebrar” esse monopólio do pré-sal. Leia mais aqui: http://g1.globo.com/…/senado-aprova-projeto-que-muda-regras…

A acusação contra Dilma, é bom que todos saibam, não envolve nada da Lava Jato ou corrupção, mas sim por ter utilizado créditos suplementares através de empréstimos da Caixa Econômica e Banco do Brasil para pagar programas sociais como Minha Casa Minha vida e Bolsa Família. Os empréstimos foram pagos no final do ano e as contas já aprovadas pela mesma Câmara que agora julgará DIlma em primeira instância. Não sabia, pois veja aqui: http://brasil.elpais.com/…/…/politica/1449510934_655994.html
Vamos além: todos os outros Presidentes utilizaram esse método contábil. Nâo crê nisso? Veja aqui um Senador do PSDB admitindo isso: http://exame.abril.com.br/…/cunha-lima-diz-que-como-dilma-f…

Se o Temer chegar à Presidência com Eduardo Cunha como vice (na qualidade de Presidente da Câmara), é bom que fique todo mundo já de sobreaviso: provavelmente eles não devem ajudar em nada a Lava Jato e outras investigações.
É bom lembrar que a lista de investigados do PMDB e PSDB só aumenta a cada dia. O tal “Listão” da Odebrecht com mais de 300 políticos e que ninguém fala mais – é bom lembrar aos senhores e senhoras – dificilmente terá apoio nas investigações. A lista, agora sob sigilo, será investigada – se assim decidir – pelo STF, a quem cabe o julgamento, se houver denúncia: http://br.reuters.com/article/topNews/idBRKCN0WP2I3.

Já o Cunha vai ser cassado pela Câmara? Acho que não, até porque na Câmara ele manda, veja aqui: http://politica.estadao.com.br/…/geral,cunha-manobra-para-f…
Aliás, o Presidente do Conselho de Ética da própria Câmara está preocupado. Duvida? Leiam aqui: http://www1.folha.uol.com.br/paywall/signup.shtml…

No entanto, quem vai julgar a Dilma em “primeira instância” na Câmara, são vários aliados de Eduardo Cunha e também muitos deputados com graves acusações. Você sabia disso? Pois leia aqui:http://www1.folha.uol.com.br/paywall/signup.shtml…

Sem falar que parte da mídia deve desembarcar junto, afinal de contas, com a derrubada de Dilma, estará finalmente no clima que desejam, mormente porque no propalado “acordão” de Serra e Temer, não vai haver nenhuma, “Caça às bruxas” como foi divulgado. A mídia já divulgou esse acordo e pelo que eu tenha lido ninguém foi cair em cima deles não. Não acredita que isso foi divulgado já? Leia aqui: http://politica.estadao.com.br/…/geral,governos-anteriores-…

E vale lembrar também e mais uma vez: até os procuradores da Lava-Jato reconhecem: Dilma não interferiu na Lava-Jato. Duvidam de novo? Aqui: http://www.brasil247.com/…/MP-reconhece-Dilma-n%C3%A3o-inte…

Atualmente, aliás, como parte da imprensa já vem divulgando, o interesse de muitos políticos investigados é que com a cabeça de Dilma entregue, eles consigam tirar o corpo fora.
Enfim, quem quiser continuar apoiando esse golpe branco, continue, mas vá sabendo. E depois quando (se) Dilma cair, não tem mais volta não. Não sou eu alertando. O risco de golpe é iminente, diversos artistas, intelectuais, juristas e entidades ao redor do mundo estão denunciando o golpe em curso no Brasil., Será um golpe contra a Democracia, em vez de ser uma “lavagem” na corrupção. Entenda mais: http://g1.globo.com/…/dilma-recebe-no-planalto-apoio-de-art…
No meio Jurídico, nomes como o de Joaquim Barbosa: http://www.brasil247.com/…/Meios-jur%C3%ADdicos-refor%C3%A7…
E diversos outros juristas com Dilma: http://g1.globo.com/…/juristas-fazem-ato-em-apoio-dilma-e-e…

Qual será o Brasil governado por quem não foi eleito para governá-lo? Nem Temer nem Eduardo Cunha têm projetos ou foram eleitos para implantar uma plataforma de governo que ninguém sabe qual será. O que vem sendo desconstruído na Câmara capitaneada por Eduardo Cunha já dá amostras do que seria um governo deles. Os mais de 54 milhões de votos que elegeram Dilma – e não Cunha ou Aéceio – tem que ser respeitados, inclusive a Constituição da República tem que ser respeitada, pois Dilma não cometeu nenhum crime de responsabilidade como pede a Constituição da República a fim de impedir uma Presidente. Passar por cima disso é desrespeitar a vontade da população em uma eleição aberta e democrática. Aécio e o seu PSDB têm que saber respeitar a derrota. Não pode haver golpe, não deve haver golpe.

Eu acredito que a melhor saída – ainda – seria não permitir que essa turma toda derrube Dilma via impeachment e que todas as investigações em curso continuem, punindo quem for, doa a quem doer. Do contrário, o risco de um retrocesso em várias frentes, é grande. O PT não inventou a corrupção no Brasil, mas acabou sendo parte dela. Que o mesmo governo seja parte também da solução. Querem tirar a DIlma não pelos erros, mas pelo que acertou, em não ser corrupta e em não barrar nenhuma investigação, o que deveria ser obrigação de todos os governantes.

Por isso eu marcho, pela Democracia, contra o Golpe!

(post originalmente postado no Facebook, Aqui)

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.




Join the Conversation