IstoÉ: calúnia tem acento - Blog do Rovai

IstoÉ: calúnia tem acento

A revista IstoÉ desta semana traz uma suposta reportagem associando a revista Fórum a um bunker petista financiado pela prefeitura de Guarulhos para caluniar e difamar o senador Aécio Neves. A matéria pode ser lida aqui. Começa com um...

A revista IstoÉ desta semana traz uma suposta reportagem associando a revista Fórum a um bunker petista financiado pela prefeitura de Guarulhos para caluniar e difamar o senador Aécio Neves. A matéria pode ser lida aqui. Começa com um erro crasso de português no título. O jornalismo da revista escreveu “calunia”. Assim mesmo, sem acento. Talvez num ato falho, já que a matéria assinada por Josie Jeronimo e Raul Montenegro é de ponta a ponta caluniosa e difamatória. Uma peça feita sob medida e com dois objetivos claros.

O primeiro, intimidar os anunciantes da Fórum porque a enxerga como uma ameaça. IstoÉ não é hoje nem uma sombra do que foi no passado. Trata-se de uma revista em decadência que, segundo o Alexa, um dos sites que mensura audiência na internet, está simplesmente 12 mil posições atrás da Fórum no ranking global. Ou seja, já faz tempo que IstoÉ não tem prestígio, mas agora também não tem leitores. E por isso mesmo não deveria ter anúncios, mas eles ainda pululam em suas páginas, como o do Banco do Brasil, que joga dinheiro fora ao ter um banner patrocinando, por exemplo, a matéria que atacou a Fórum. Ou seja, com essa matéria, a IstoÉ se associa a O Globo que ligou para todos os nossos anunciantes fazendo perguntas intimidatórias há pouco mais de um mês. O segundo objetivo é criar uma peça jornalística que leve o Ministério Público a investigar as relações da Fórum com a prefeitura de Guarulhos.

istoe

Em relação ao primeiro objetivo, como editor e responsável pela publicação, não poderei ajudar o time do Alzugaray. Eles vão ter de se virar sozinhos. Continuaremos fazendo jornalismo relevante e respeitado e por este motivo nossa audiência tende a continuar crescendo. E isso provavelmente nos levará a cada dia a ter mais leitores do que IstoÉ, que certo dia já foi a segunda maior revista do Brasil. Aliás, a única informação correta da matéria da IstoÉ é a de que a Fórum tem aproximadamente 300 mil page views ao dia. É isso mesmo, são de 5 a 6 milhões de page views e mais de 2 milhões de leitores por mês. Algo que Isto É vai ter de comer muita arroz e feijão para ter.

Em relação ao segundo objetivo da família Alzugaray, serei generoso. Na segunda-feira, o departamento jurídico da Fórum vai ser acionado para ir ao Ministério Público, localizar se de fato há algum promotor nos investigando e, se houver, vamos entregar a ele o contrato de inserção publicitária com a Prefeitura de Guarulhos. O promotor não terá o trabalho de nos intimar. Mas vamos fazer mais. Fórum desafia publicamente IstoÉ a mostrar todos os contratos que a revista tem e teve nos últimos 11 anos com o governo de Minas Gerais (tempos de gestão tucana) e nós apresentaremos todos os contratos que Fórum teve nos últimos 14 anos (tempo de gestão petista) na prefeitura de Guarulhos. Simples assim.

IstoÉ não procurou ninguém da Fórum

Na matéria assinada por Josie Jeronimo e Raul Montenegro há o seguinte trecho: “ISTOÉ entrou em contato com o blogueiro (Eduardo Guimarães), com a revista “Fórum” e com a prefeitura questionando o montante pago em publicidade, mas não recebeu resposta até o fechamento desta edição”. Não posso responder pela Prefeitura nem por Eduardo Guimarães, mas Fórum não foi procurada pelos repórteres. Seria interessante que em nome da credibilidade que imagino eles devem querer resguardar, que apresentem provas de que me ligaram, enviaram e-mail ou que tentaram me acessar, por exemplo, pelo Facebook.

A revista também diz que Fórum “replicou a opinião de um blogueiro que insinua envolvimento do senador do PSDB com entorpecentes”. O artigo que IstoÉ faz menção é este de Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo (DCM). Não há nele nenhuma insinuação ao uso de drogas por Aécio Neves. Quem insinuou isso foi boa parte do Mineirão no jogo Brasil e Argentina, em 2008. E talvez também por isso a jornalista Letícia Duarte, do Zero Hora, tenha tratado do tema numa entrevista coletiva. O artigo de Kiko só faz uma reflexão sobre a oportunidade de se tratar deste tipo de assunto. E diz que perguntas como essa já foram feitas a Obama que as teria respondido de forma civilizada.

Não tem essa de quanto é…

Aécio já resolveu todos os problemas que tinha com a mídia tradicional e sabe que nada mais que lhe atinja será publicado nos jornalões. Mas ele também sabe que não terá espaço para fazer acordo de qualquer espécie com publicações como a revista Fórum. E por isso vai tentar nos calar inflando reportagens caluniosas e difamatórias como a da Isto É e ao mesmo tempo judicializando tudo que estiver ao seu alcance. Aviso ao senador, vai ter trabalho.

Fórum nasceu em 2001, antes de Lula se eleger presidente da República. E viveu duríssimos momentos em sua existência. Mas nem por isso deixou de fazer o jornalismo que acredita e julga necessário. E não será a prática coronelista de quem gosta de uma imprensa sabuja e aos seus pés, como é quase que totalidade da mídia mineira, que vai nos intimidar. Fórum e nem o seu editor tem medo de Aécio Neves. Ao mesmo tempo ele não será atacado (como nunca foi) de forma leviana em nosso veículo. Será criticado pelas suas posições políticas. E pelas ideias e práticas políticas que consideramos um atraso para o país. Entre estas práticas, e esta reportagem da IstoÉ já deixa claro, é a da intimidação a veículos de imprensa que não lhe batem continência. Senador, não nos conhecemos pessoalmente, mas provavelmente na cobertura desta eleição venhamos a nos trombar. Serei respeitoso como sou com todos aqueles que entrevisto. Mas é bom que o senhor saiba que a Fórum não faz jornalismo na base das negociatas. Até por isso ninguém trata a nossa revista no mercado pelo sugestivo apelido de Quanto é. Com a Fórum, senador, o buraco é mais em cima.

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

In this article

21 comments

  1. Augusto

    Muito pertinente a sua explanação, deixando claro a sua convicção pela liberdade, verdeira, de expressão e de noticiar as coisas da forma mais verdadeira possível. Parabenizo pelo seu posicionamento quando a neutralidade dos fatos, mesmo que em algumas ocasiões não tenhamos ficado em sintonia, mas faz parte dos elementos da tese. Seja sempre assim, independente; pois, assim, estarei sempre contigo…

  2. Alvaro Nascimento

    Parabéns pela resposta. Na medida certa.

  3. Vivi

    Resposta direta, destemida, contundente e elegante! Parabéns, Rovai! Pra cima deles!

  4. fer

    então Aécio esta sendo caluniado e difamado? A revista isto é um lixo e vcs que estão defendendo Aécio são do mesmo nivel ou pior, obrigado por mostrarem a quais interesses vocês atendem: que concerteza não é de passar informações verdadeiras e sim de influenciar opiniões ao engano; sei que não ligarão mas é menos um que curti essa pagina tendênciosa chamada revista forum

  5. José Jorge Damasceno

    Grande parte dos políticos tradicionais e carreiristas do Brasil patriarcal e coronelista está muito mal acostumado. É bom que exista publicações como Fórum, para os desmascarar e os obrigar a respeitar aqueles que ousam pensar diferente!

  6. Messias Franca de Macedo

    Muito bem,
    ínclito, competente, democrata, impávido e honesto jornalista brasileiro Renato Rovai!

    Parabéns pelo trabalho ético e profícuo! Felicidades! E conte com ‘nois’ para o que der e vier!

    EM TEMPO: o PIG é covarde! É um caso de Polícia! O PIGolpista – e fascista!

    Saudações democráticas, progressistas, civilizatórias, nacionalistas, antigolpistas e antifascistas,

    Messias Franca de Macedo
    Feira de Santana, Bahia
    BRASIL

  7. Ricardo

    Isto era.

  8. Luís CPPrudente

    Parabéns Rovai por colocar a revista a serviço do senador Menino do Rio no seu devido lugar: na insignificância.

  9. KIMEZ

    A blogosfera existe porque existe na sociedade a necessidade efetiva de informação. A mídia tradicional agora tem competidores. Ela já não fala só. Já não tem o monopólio da informação. Parcela significativa da sociedade tem nos blogueiros o contraponto necessário da informação. Anunciar nos blogs cumpre o mesmo objetivo de fazê-lo em qualquer outra mídia. Que Istoé e qualquer outra dispute democraticamente a preferência do leitores. Parabéns Rovai!

  10. eleonora

    aproveito para agradecer, pelo bons textos, responsabilidade e ética jornalística; fiquem firmes que a gente precisa de vocês.

  11. Luciana monteiro

    Muito bem… É assim que se constrói um novo tempo, o terrorismo praticado aqui no Brasil é não deixar as pessoas pesarem através da manipulação dos conteúdos publicados …

  12. Jota Lopes

    Pobre Aécio! Mal sabe ele o que ainda está por vir. Tem gente no próprio PSDB que sabe mais coisas a seu respeito do que todas as torcidas de futebol no Mineirão. Basta ver o “enorme esforço” do Serra e do Alkmin no engajamento de sua campanha para a presidência. A propósito e só por curiosidade, o Aécio processou o Juca Kfouri?

  13. Matheus Coroa

    Grande Rovai, só te digo que vocês ganharam mais um assinante para a fórum. CONTE CONOSCO NESSA LUTA ÁRDUA… IREI TRAZER MAIS DOIS COLEGAS ASSINANTES… VIDA LONGA A FORUM!!!

  14. ceci

    muita… arroz e feijao? risos

  15. Jandui

    Como é bom não dever nada pra ninguém. Ainda mais na área jornalística!!

    Não tem preço esta resposta.

    Só que boa parte da elite e imprensa brasileira jamais irão entender isso: que existe coisas que não estão a venda

  16. Celso Junqueira

    Rvai, o Aébrio é um medroso, covarde. Usa de sua influência para intimidar jornalistas. O Carone, lá em BH, está preso. E outros tantos foram demitidos. Mas se bater o pé perto dele, ele sai correndo.

Comments are closed.