Dilma concede sua primeira entrevista a blogueiros. Assista aqui

É a primeira vez na história que um presidente da República dá entrevista a blogueiros durante o processo eleitoral

dilma beijinho no ombroA presidenta Dilma Roussef vai conceder , às 15h, no Palácio do Alvorada, sua primeira entrevista a blogueiros. Estarão presentes oito blogues da chamada blogosfera progressista, popularmente conhecida como suja. Apelido gentilmente concedido pelo ex-candidato a presidência da República, José Serra, em 2010, no auge daquela campanha eleitoral.

A entrevista foi solicitada há dois meses pelo Barão de Itararé e pela Altercom. Na semana passada, a Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) retornou informando que a presidenta havia concordado em realizá-la e a data foi acertada.

Vão participar da coletiva Altamiro Borges (Blog do Miro), Conceição Oliveira (Blog da Maria Frô), Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania), Conceição Lemes (Viomundo), Miguel do Rosário (Cafezinho), Paulo Moreira Leite (247), Kiko Nogueira (Diário do Centro do Mundo) e Renato Rovai, este que vos escreve, representando a Revista Fórum.

É a primeira vez que um presidente da República concede entrevista a blogueiros no período  do processo eleitoral. O presidente Lula foi o primeiro a ser sabatinado pela blogosfera, mas isso aconteceu após a eleição de Dilma.

Este blogueiro já está pensando em algumas perguntas, mas gostaria muito de receber sugestões. Fique à vontade para depositá-las na caixa de comentários.

E amanhã antes e depois do encontro, vamos realizar pela Revista Fórum uma cobertura diferente. Fique atento.

 

No artigo

38 comments

  1. cintia Responder

    Gostaria de sugerir a seguinte pergunta sobre educação, dado novo que preocupa:mec e capes anunciaram a criação de uma os para acabar com concursos para o ensino superior. Haveria tercerizacao da carreira. Isso procede? Quais são os planos para o ensino superior? Haverá valorização da classe ou não? A situação atual continua extremamente defasada nos salários e no auxilio para capacitação.

  2. Romeu Responder

    Boa noite Rovai!

    Acredito que será importante nossa presidente falar mais a fundo sobre a reforma curricular a fim de nao deixar maus-entendidos no PIG.! Abraço e boa entrevista.

  3. thiago Responder

    Sobre direitos humanos e a questão LGBT que, por mais que tenha sido exaustivamente explorada nas outras entrevistas, isso nunca foi feito de maneira devida:

    Em uma postagem em seu perfil oficial no Facebook, no dia 1 de setembro, Dilma afirmou que, no que diz respeito aos direitos LGBT, não haveria recuos da parte dela.
    Essa entrevista com os blogueiros poderia ser uma boa oportunidade para que a presidenta explicasse aquele episódio lamentável no qual, assim como a candidata Marina Silva que ela tanto criticou, ela cedeu à pressão da bancada evangélica e vetou o kit anti-homofobia sob o argumento de não fazer “propaganda de opção sexual”. Isso sem nem mesmo ter assistido aos vídeos contidos no kit…
    E o que dizer do PT ter entregue de bandeja a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara a um pastor fundamentalista, conhecidamente homofóbico e contrário a qualquer conquista de direitos pelos LGBT?
    Se a presidenta defende que não pode haver recuo quando se trata de vidas em jogo, como explicar a decisão Ministério da Saúde de suspender material educativo da campanha de prevenção ao HIV voltado ao público LGBT e profissionais do sexo? Será que esse tipo de postura omissa na proteção de populações vulneráveis não teria relação com o aumento do número de infectados pelo vírus HIV entre jovens homossexuais brasileiros?
    Sobre casamento civil igualitário, que ela erroneamente afirma ser uma questão encerrada, seu governo apoiará ou não uma possível alteração da Constituição/Código Civil para que o casamento igualitário passe a ser direito previsto em lei e não somente baseado na decisão do Supremo?
    Depois de tudo isso, que garantia temos que seu segundo mandato será diferente?

    1. Cristiano Scarpelli Responder

      No caso do Feliciano, importante ressaltar que a escolha da presidência da Comissão não se dá por indicação da Presidência da República e sim conforme tamanho das bancadas partidárias. Assim, não é verdade que o PT entregou de bandeja, pois se o PT quisesse mesmo “evitar” o Feliciano, teria que abrir mão de outra importante comissão. Aí depois viria alguém reclamar que não privilegiou o PAC na Comissão de Finanças, a reforma política na de Constituição e Justiça, os 10% do PIB da educação na Comissão de Educação, os royalties da mineração na comissão correspondente e por ai vai… Enfim, na política certas escolhas são sempre trágicas, se escolhesse a comissão de direitos humanos seria cobrado em outra frente de reivindicação por ter “entregado” de bandeja alguma outra importante demanda…

  4. Talis Andrade Responder

    Pergunta: 1 – Qual a diferença entre os programas de sustenbalidade de Dilma e Marina?

    2 – O Banco Central foi criado, por Castelo Branco, com autonomia e independência. Por que Dilma é contra a volta proposta por Marina?

  5. Cristiano Responder

    Para os professores da área de filosofia e sociologia, ao ser dito pela senhora sobre a reforma do currículo escolar, soou como se a senhora apoiasse o fim dessas disciplinas, ou mesmo desconsiderar a especificidade e acada área do conhecimento. Afinal como sera a reforma no currículo escola que a senhora defende? Gostaria que fosse perguntado isso. Esta gerando uma polemica nas escolas essa fala.

  6. Daniel Cerqueira Responder

    Presidenta, a sra eh acusada constantemente pelo movimento lgbt de nao promover avancos nessa area.
    Qual o seu real compromisso com a criminalizacao da homofobia e a aprovacao do pl122?

  7. Leleco Responder

    Ao negar o enfrentamento para a defesa de seu governo , negando a política , entende que colocou o projeto progressista do Brasil (e América Latina ) em risco ?

    1. Leleco Responder

      Acredita que o excesso de Republicanismo nas indicações ( algumas fundamentais para o exercício do poder ) tenha prejudicado o ato de governar , principalmente nas áreas de comunicação e propaganda , politica , judiciária , Policia Federal, etc… ?

  8. João Vieira Responder

    Presidenta Dilma: Qual a sua proposta para estancar a sangria causada pela defasagem nos reajustes das aposentadorias do INSS, frente aos reajustes do salário mínimo ? Obrigado e rumo a vitória !

  9. Carlos Ascenção de Andrade Responder

    Dilam, porque você não exige às emissoras da globo o tratamento adequado ou similar com a mesma candura que os seus repórteres agem com o arrocho neves e a marina? Não deixe nunca as interrupções. Exija. Bate de frente com os repórteres. Não se humilhe!

  10. Ligia Responder

    Que notícia ótima!! Tenho algumas sugestões de perguntas. Todas sobre Comunicação.

    Já está mais do que provado que o Governo Federal não pode ficar dependendo da grande mídia para que a população saiba as realizações, principalmente as positivas, desta gestão, da mesma forma que aconteceu na gestão do Lula.

    – Porque a comunicação do Governo com a população é tão ruim? A SECOM, além de fiscalizar e autorizar toda as ações de comunicação (publicidade, patrocínios, RP, etc.) dos órgãos vinculados ao GF, tem como responsabilidade cuidar da comunicação e da “imagem” do Governo? Se tem, porque é tão ineficiente?

    No caso de reeleição, ela pretende melhorar essa comunicação? Como?

  11. Lasagna Responder

    Se for reeleita, incluiria na Constituição a garantia de que a Petrobras não pode ser privatizada? Governos mudam, tempos também, mas o patrimônio pode ser resguardado se estiver na CF.

  12. Edison Batista Responder

    Presidenta Dilma, repetidas e coléricas manifestações em alguns orgãos de imprensa sāo indisfarçaveis propagandas para o PSDB. Fazem uma demonização injystigicável do PT e partidarizando claramente. Porque a lei eleitoral não os pune exemplarmente?

  13. Roberto Responder

    Rovai, pergunta crucial que acho que não fizeram ao Lula na entrevista que ele concedeu aos blogueiros (a última): a regulamentação da mídia, sai ou não?

    2. E sobre as verbas publicitárias estatais a órgãos de imprensa que fazem jornalismo sujo, como ficam? O governo continuará bancando a mídia que de forma autoritária e golpista mente, distorce e demoniza diariamente o governo Dilma, o PT e as forças progressistas?

    3. Os ministros que são apontados como ligados à grupos (P. Bernardo, Comunicações, ligado as teles, Globo etc) serão trocados por ministros progressistas como o F. Martins?

    4. Haverá apuração pelo Min. da Justiça e polícia federal a entrada de dinheiro estrangeiro para financiar baderna e protestos forjados nas ruas com ONGs estrangeiras suspeitas de organizarem isto vide o que ocorre em outro países (Egito, Venezuela e também o Brasil)? Até agora não ficou explicado quem estava por trás do grupo “Black Bloc” com dois integrantes presos no Rio acusados de homicídio. É uma tarefa pro Min. da Justiça, setores de inteligência e polícia federal e nada foi feito pra apurar isto. Bem como a ausência de uma CPI sobre as ONGs estrangeiras que defendem interesses privados e estrangeiros no Brasil atacando o governo de forma dirigida.

    Eu considero a questão do oligopólio de mídia privado e sua atuação como “partido político” manipulando informação e demonizando a política e os partidos no Brasil como algo central, no país, a pauta principal dos próximos anos (e tem sido há décadas), pois é uma questão de soberania nacional. Sei que muita gente não gosta do termo “soberania nacional” por conta do uso indevido disto pela ditadura, mas esta questão da soberania existe sim e não existe país livre com um oligopólio de mídia agindo contra o mesmo e contra seu povo atendendo interesses externos e de certa elite financista brasileira.

  14. José de Arimateia Morais Responder

    Fico contente com a noticia de que a presidente vai receber a blogosfera (suja) e eu gostaria que fizesse uma pergunta ou mais sobre a regulação da mídia mas pelo que estou vendo nos comentários que tem muitas sugestões sobre o assunto. Uma pergunta interessante seria sobre a proposta dela para a reforma política e qual a posição dela sobre o plebiscito popular de uma constituinte soberana sobre o sistema político que os movimentos populares fizeram.

  15. Valquíria Responder

    Gostaria de saber da candidata a respeito da DES-MI-LI-TA-RI-ZA-ÇÃO e U-N-IFI-CA-ÇÃO das PM, via implementação da PEC 51/2013.

  16. gilberto de abreu Responder

    porque ela não democratiza mais e deixa pro próprio judiciário elejer o substituto do joaquim barbosa

  17. Lais Amaral Jr. Responder

    Todos estaremos bem representados e contemplados por esse grupo. Bom trabalho moçada !

  18. Cristiano Scarpelli Responder

    Prezada Dilma,

    tendo em vista que o estopim das mobilizações de junho/2013 foram questões de mobilidade urbana e que o prefeiro Fernando Haddad-PT tem retomado boas avaliações a partir de políticas favoráveis às ciclovias e faixas de ônibus, pergunta-se:

    1- Não seria hora do executivo federal pensar modalidades de incentivos tributários às bicicletas, como fez com os carros?

    2- A pesquisa feita pela FGV de uma CIDE-Combustível tendo papel de subsídio cruzado nas passagens de ônibus, (o que implicaria em uma Cide municipal, sendo ela hoje federal), a qual poderia cair em até 60%, poderia ser encampada em um eventual segundo governo?

  19. luiz mattos Responder

    Pergunte sobre os vazamentos da PF e a incompetência do Zé e porque gosta de globernardo.

  20. Arlindo Responder

    Caros “blogueiros sujos”, finalmente a Presidenta resolveu atender os apelos que temos feito há tempos para ela os receber. Tenham uma boa entrevista com ela!

  21. José Carlos Responder

    Caro Rovai,
    Seguem algumas poucas sugestões de perguntas bem objetivas, afinal, quem tem que falar é ela, a candidata, e não os entrevistadores:
    1. Por quê a sra. escolheu o Fux para o STF?
    2. Por quê a sra. reconduziu o Gurgel para a PGR?
    3. Por quê a sra, escolheu o José Eduardo Cardozo para Ministro da Justiça?
    4. Por quê a sra., logo após a sua posse, foi fritar ovos no programa da Ana Maria Braga na Rede Globo?
    5. Por quê a sra., logo após a sua posse, foi a festa de aniversário da Folha de São Paulo, o mesmo jornal que emprestava os carros para os agentes da Ditadura transportarem os presos políticos, como a sra., de um centro de tortura para outro sem chamar a atenção.
    6. Por quê a senhora engavetou o projeto de Lei da Mídia que o Franklin Martins deixou pronto, e que foi elaborado com base em diversas conferências ocorridas durante o Governo Lula?
    7. Aliás, por quê a sra. escolheu o Paulo Bernardo para Ministro das Comunicações?
    8. Aliás, por quê a sra. substituiu o Franklin Martins pela Helena Chagas na Secom?
    9. O quê significa “mídia técnica” e em quê isso atende aos interesses da sociedade?
    10. Por quê a sra. substituiu o Celso Amorim pelo Antônio Patriota no MRE?
    11. Por quê, após a eleição de 2010, a sra. se afastou dos movimentos sociais?
    12. Por quê o seu governo tem tanta dificuldade em dialogar diretamente com a sociedade?
    13. Por quê a sra. substituiu o Juca Ferreira pela Ana de Hollanda no MINC?
    14. Por quê a sra. demorou quase quatro anos para dar uma entrevista para nós?

  22. DARCI PEREIRA BORGES Responder

    Rovai, sou petista desde meados da década de 80 do século passado. Votei sempre nos nossos candidatos para todas as esferas e cargos. Continuarei votando porque o PT é que tem os melhores projetos para o país.
    Mas há muito venho ouvindo reclamações da classe média baixa, especialmente dos aposentados, situação em que me incluo. E às vezes fico sem muitos argumentos para dialogar com esses descontentes/injustiçados.
    Os assuntos mais comentados são a extinção do Fator Previdenciário e a tabela injusta do Imposto de Renda, quase que linear para todas as faixas de renda.
    Como ela, DILMA, se posiciona em relação a esses questionamentos.
    Ela ela é sensível a esses clamores, tem algum projeto para beneficiar essa parcela da população?
    Enfim, todas as reformas previdenciárias, desde os famigerados governos anteriores foram em nosso desfavor.

    Antecipo agradecimentos!

  23. Ricardo Responder

    O flanco mais exposto da Dilma junto aos setores progressistas é a forma como ela rifou os direitos indígenas aos ruralistas.
    A pergunta óbvia que se deve fazer a ela é: ela pretende continuar omitindo-se politicamente frente ao processo sistemático em curso no país de redução dos direitos indígenas, e promovendo os interesses do agronegócio em prejuízo das terras que asseguram a reprodução cultural dos povos indígenas?

  24. Pedro Responder

    Presidenta,caso reeleita a Sra. manteria Zé Eduardo e Bernardo,nos seus respectivos ministérios.

  25. Arlindo Responder

    Rovai, pergunte em meu nome à Presidenta:
    1. se em seu segundo mandato ela vai dar mais atenção às questões de distribuição de verbas de publicidade;
    2. se o seu Ministério do meio Ambiente vai participar efetivamente do projeto do fotógrafo Sebastião Salgado (por sinal seu eleitor) de recuperação ambiental da bacia do Rio Doce?

  26. Ricardo Oliveira Responder

    Caro Rovai,
    Quando da primeira eleição de Lula, em 2002, logo depois de eleito, Lula acenou para a oposição com um discurso de união de forças pelo país. O resultado todo mundo viu.
    Por pouco, no primeiro governo, Lula não sofreu um impeachement por conta dos adversários que o ex-presidente acenou com união. No segundo governo , Lula aprendeu a lição e se descolou dos adversários, ficou mais próximo de seus eleitores e dos movimentos sociais e saiu da presidência com uma aprovação estratosférica. Depois que deixou a presidência, Lula é um ativista, um militante das causas sociais, e não tem o menor problema em bater de frente com as forças de oposição, principalmente a velha mídia.
    Dilma, quando eleita em 2010, fez o mesmo de Lula na primeira eleição, Logo que eleita, fez discursos de aproximação com seus adversários que irritaram em muito seus eleitores. O resultado todo mundo viu. A presidenta apanhou de seus adversários, principalmente da velha mídia, desde o primeiro dia em que colocou o pe´no planalto. Em um segundo governo de Dilma, depois da lição, a pergunta que se faz é a seguinte:
    A Presidenta irá se descolar dos adversários e se aproximar mais dos movimentos sociais, marcando, claramente e de forma inequívoca, posições bem distintas entre o campo popular e o campo das oposições ?

    Fico grato se conseguir passar a pergunta.

    Ricardo Oliveira – O PAPIRO

  27. Arnaldo Bertoni Responder

    Renato, pelo amor de Deus, pergunte à Dilma quando será feita uma auditoria na dívida pública, esta espoliação nacional, vergonha para nosso povo, que drena todos nossos recursos para o bolso do 1% da forma mais abusiva possível.

  28. Maria Responder

    Senti falta dos seguintes nomes: Rodrigo Vianna/escrevinhador e Paulo Henrique Amorim/conversa afiada. Obrigada e sucessos na entrevista.

  29. Maria Responder

    Ah, também ausências importantes: Fernando Brito:Tijolaço e Franklin Martins/mudamais. Abraços

  30. Maria Responder

    Boa tarde, Rovai!
    Já estamos aqui ligados no seu blog e já com imagens de vocês aí.
    Sucesso na entrevista!
    Acompanharemos integralmente.
    Obrigada por nos proporcionar essa participação.

  31. Maria Izilda Camillo Responder

    O Programa Minha Casa Minha Vida – Entidades é o maior da historia do Brasil, queria perguntar se com MCMV 3, serão atendidas as famílias de até 3 salários mínimos, porque hoje só atende renda familiar até 1.600,00, e uma parcela enorme da população fica fora do projeto e também não consegue financiar sua moradia no mercado imobiliário, porque não tem renda suficiente para o financiamento, essa e a minha pergunta!

  32. Carlos Roberto Responder

    Rovai pergunte a gerentona porque ela precisou sacar 3 bilhoes do fundo soberano do Brasil , semana passada, que somente deveria ser usado em situações de grave crise financeira!
    E pra você eu pergunto se você não fica incomodado de ter seu blog patrocinado pelo governo federal , mais precisamente pela CEF….e não adianta mentir porque tá na pagina. você não acha que isso prejudica a imprensa que não é golpista e reacionaria assim como você?

  33. Luiz Pimenta Responder

    Não dá para ficar a reboque da nossa mídia empresarial pois os interesses são outros diferentes dos da população em geral.
    Então porque não regulamentar estes serviços, como aliás já prevê nossa constituição, e como fazem todos os países civilizados do mundo?

  34. Marcos Silva Responder

    Presidenta, o que a senhora acha dos constantes vazamentos de informações sobre os inquéritos sigilosos que a Policia Federal conduz?

  35. Euripedes Responder

    O pessoal precisa fazer perguntas mais curtas…

  36. Aurir Marcelino Responder

    Sugiro questionar a presidenta Dilma se nao seria importante revê a questão de retomar à União o comando das políticas de segurança públicas no Brasil.