José Dirceu teria dito: "A Globo é a TV do governo"

José Dirceu teria dito: “A Globo é a TV do governo”

Hoje a Globo está pagando com juros a confiança que lhe foi depositada e os bilhões que já recebeu dos governos petistas. Ontem massacrou José Dirceu no JN

ze_dirceu_requiaoO senador Roberto Requião (PMDB-PR) confirmando a sua fama de bom orador e também de bom revelador de histórias de bastidores, fez sucesso no evento de ontem realizado no auditório do Barão de Itararé organizado para o lançamento do livro Cultura do Silêncio, do professor Venício Lima.

Entre elas, a já revelada no post anterior de que teria informações de fontes sérias e confiáveis que o juíz Sérgio Moro teria votado nele para governador, em Dilma para presidente e em Tadeu Veneri (PT), para deputado estadual.

Mas além dessa história, contou outra tão saborosa e ao mesmo tempo constrangedora em que teria estado envolvido.

Segundo ele, no primeiro mandato de Lula, quando era governador, foi ao encontro do presidente e lhe contou o que havia feito na comunicação do Parana, onde acabou com a verba publicitária e investiu todos os recursos na TV Educativa local.

Lula teria se animado com o que ouviu e pediu-lhe que conversasse com o então ministro da Casa Civil, José Dirceu. Requião foi ao quarto andar do Palácio e enquanto contava ao ex-ministro sobre o quanto a TV Educativa estaria sendo importante para o governo, Zé Dirceu teria lhe interrompido e dito: “Requião, mas o governo também tem uma TV”. Isso aconteceu antes da criação da TV Brasil, que se deu no segundo mandato de Lula. Requião teria ficado surpreso e perguntou: “mas que TV, Zé?”. Ao que o então ministro, respondeu: “A Globo, Requião.”

Histórias de políticos e da política sempre podem ter uma pitada ou outra de pimenta a mais e uma pitada ou outra de circunstâncias a menos, mas de qualquer forma Requião não tinha motivos para, no dia que foi um dos poucos a defender a ilegalidade da prisão de Zé Dirceu, tentar lhe criar um constrangimento público.

O PT, Lula, Zé e muitos outros líderes políticos que hoje são massacrados pela Globo de fato entendiam no começo do primeiro mandato que a TV dos Marinhos era uma aliada do projeto petista. Tanto que Lula foi ao enterro de Roberto Marinho e não apareceu no da atriz Lélia Abramo, que sempre lhe apoiou em todos os momentos.

Hoje a Globo está pagando com juros a confiança que lhe foi depositada e os bilhões que já recebeu dos governos petistas. Ontem massacrou José Dirceu no Jornal Nacional. E depois publicou uma charge de Chico Caruso, no Jornal da Globo, com Zé Dirceu olhando para uma imagem de Lula na cadeia. A legenda: “agora só falta você”.

In this article

Join the Conversation

7 comments

  1. João Prado Reply

    O PT não entende nada de comunicação pública, nem vc, Rovai, Conversei com vc naquela I Conferência de comunicação sobre uma política de comunicação para o Brasil e vc não deu bola. Achava que vc era um bom interlocutor, sendo assessor do Berzoini no sindicato. dos Bancários. Mas vcs paulistas (vale o preconceito), pensam que sabem de tudo. Nos veremos no Juizo Final do Moro. Vc também é culpado….

  2. Antonio Luiz Reply

    Estranho, não? Depois de tanto tempo, Requião se revela amigo íntimo de Moro, se passa por defensor de Dirceu (contra sua prisão recente) e, em seguida, revela que ele e Lula, também seus amigos íntimos, eram serviçais da Globo. Mui amigo esse Requião. Se é verdade, como querem, que o PT está morto, Requião, assim como Ciro, apenas vislumbram abocanhar seu espólio. Ainda tem gente especializada em política, como Rovai, que acredita no que houve e pouco percebe do que vê.

    1. Roberto Reply

      Antonio , estranho é você achar tudo isso estranho sem saber quantas vezes o Requião saiu em defesa de Lula e Dilma nos pronunciamentos na tribuna e em várias entrevistas.Algumas vezes tecendo críticas construtivas , mas sempre apoiando e dando ideias. Desde o primeiro governo Lula.Sou paranaense e sempre soube disso.Inclusive numa entrevista exclusiva a Revista Caros Amigos , Requião declarou que quando pensou em filiar-se ao PT , logo no início da fundação do partido , o PT era tão radical que ele acabou filiando-se no PMDB , partido ao qual também tece críticas dizendo que já não é mais o mesmo de décadas atrás.

    2. Antonio Luiz Reply

      Retificando “acredita no que houve” para “acredita no que ouve”, obviamente. Complementando…na verdade Requião não fez uma revelação. Dado o andar da carruagem ele fez uma DELAÇÃO a mais. Sem necessidade de ir preso ou ameaçado disso pelo conterrâneo da república do Paraná. Resta saber o quanto ela foi premiada pelo amigo Moro.

  3. ERRO DE LULA FOI ACREDITAR NA CONCILIAÇÃO DE CLASSES | Primeira Hora MS Reply

    […] Ouvi, do senador Roberto Requião, a seguinte história, que o Renato Rovai reproduziu em seu blog: […]

  4. LULA ACREDITOU NA CONCILIAÇÃO DE CLASSES. FILHOS DE ROBERTO MARINHO, NÃO | LIVRE IMPRENSA Reply

    […] eleitoral de Fernando Haddad: corrupto. Ouvi, do senador Roberto Requião, a seguinte história, que o Renato Rovai reproduziu em seu blog: Segundo ele[Requião], no primeiro mandato de Lula, quando era governador, foi ao encontro do […]

  5. Azenha: Lula acreditou na conciliação de classes. Filhos do Roberto Marinho, não Reply

    […] Ouvi, do senador Roberto Requião, a seguinte história, que o Renato Rovai reproduziu em seu blog: […]