A criminalização do vazamento do Edu e o dedo da Globo nesta história

A Globo vai tentar calar a blogosfera. Por isso, de repente os procuradores destacaram o tal vazamento do Eduardo Guimarães

Quando o blogue da Cidadania, do Eduardo Guimarães, antecipou que havia uma operação da Polícia Federal que atingiria Lula marcada para segunda-feira, conversamos muito na Fórum sobre republicar ou não o artigo.

Em nenhum momento a hipótese de que o Edu tivesse inventado a história foi considerada. Ele nunca faria isso.

globo golpista

Mas tratamos de três possibilidades.

A primeira, que o documento fosse verídico e quente. E que uma pessoa indignada da PF decidiu vazá-lo.

A segunda, a de que alguém tivesse forjado aquela história para desmoralizar a blogosfera.

E uma terceira, a de que gente da própria Lava Jato tivesse passado o documento para que depois os que houvessem vazado-o fossem incriminados.

Como a denúncia do Edu já havia ganhado as redes, decidimos não republicar seu texto.

Desde que essa operação teve início e que o procurador Carlos Fernandes citou os blogues que vazaram a operação na sua coletiva, a terceira hipótese passa a ser para este blogueiro a mais provável.

Inclusive porque a Globo está o tempo todo falando dos vazamentos, como se o diretor da Revista Época não tivesse vazado a operação hoje às 2h da manhã.

Há pouco um advogado explicava na Globonews que se um porteiro avisar um morador do prédio que a PF está indo na sua casa, ele pode ser preso.

Ou seja, a Globo está alimentando uma coisa que corriqueiramente é feito pela grande mídia como um grande crime da blogosfera.

A Globo com a ajuda dos procuradores da Lava Jato vai tentar calar a blogosfera. Por isso, de repente os procuradores destacaram o tal vazamento como algo significativo desta operação.

Para a Globo não interessa só calar o Lula neste momento. É preciso calar mais gente. Os movimentos sociais serão criminalizados, mas provavelmente antes disso vozes dissonantes e que incomodam o império Globo serão atacadas.

Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora e receba em seu endereço!

In this article

Join the Conversation

1 comment

  1. Ana Gloria Marques Responder

    A rede Globo de televisão é um a vergonha de imprensa marrom, gostaria que todas as pessoas só assistissem as outras emissoras, pra dar uma lição na globo, que ela não manda no nosso voto, e que não pode enganar pessoas com menos conhecimentos. Cadê a justiça que não cobra os milhões que a globo deve por sonegação fiscal, na operação zelotti ? Justiça, todos são iguais perante a lei? põe a globo no verdadeiro lugar dela, na cadeia alguns responsáveis por ela.