Matheus, estudante de Goiás agredido na cabeça, volta a ser internado

A vida de Matheus ficou por um fio. E o capitão agressor continua todo pimpão por aí.

O estudante Mateus Ferreira da Silva, de 33 anos, voltou a ser internado hoje em Goiás.

Segundo apurou o blogue ele estava com febre e muita dor de cabeça.

Matheus foi agredido no dia 28 de abril após ser atingido com um cassetete pelo capitão da Polícia Militar Augusto Sampaio. O impacto foi tão grande que o cassetete quebrou em sua cabeça.

A vida de Matheus ficou por um fio. E o capitão agressor continua todo pimpão por aí.

Ontem outros manifestantes foram agredidos por policiais violentos. Alguns inclusive usaram armas de fogo. E, como se sabe, nada acontecerá com eles.

Enquanto não houver punição a esses policias violentos, outros Matheus surgirão em todos os atos.

No artigo

1 comment

  1. Tonny Galletti Responder

    A Diferença é que se nós fôssemos às ruas seria pra tomar o PARLAMENTO e não pra quebrar o patrimômnio como os pelegos do Lula e da esquerda fazem. Percebam que na Ucrania praticamente não houve isso. O EMBATE era vencer o cordão militar e tomar o parlamento e não destrui-lo. https://www.youtube.com/watch?v=stK3YPz6WTc