Globo tinha áudios de negociação entre Aécio, Moreira Franco e Record, mas preferiu não dar

O leitor mais assíduo deste blogue deve se lembrar que na segunda-feira fiz uma nota afirmando que “os donos da mídia” estavam nos grampos da Polícia Federal. E que havia um áudio (isso eu...

O leitor mais assíduo deste blogue deve se lembrar que na segunda-feira fiz uma nota afirmando que “os donos da mídia” estavam nos grampos da Polícia Federal. E que havia um áudio (isso eu publiquei só meu perfil do Face) que fazia referência ao “número 1”, o presidente Temer.

Este blogueiro também informou que esses áudios já estariam circulando em grupos de policiais federais. E que isso poderia explicar a radicalidade com que alguns jornais, rádios e emissoras de TV saíram em defesa de Temer, rachando o consenso midiático anterior.

Dois dos áudios foram vazados ontem pelo BuzzFeed. Mas essa é uma parte da história. Pois esses mesmos áudios já haviam sido entregues antes para a reportagem do jornal O Globo.

O repórter que teve acesso ao material o entregou à chefia de redação, que depois de contatar os superiores, disse que o jornal não publicaria nada a respeito.

Foi só depois da negativa de O Globo, que a fonte que resistiu em passar os áudios para o blogueiro, procurou o BuzzFeed.

Mas por que o jornal O Globo se recusou a publicar uma conversa altamente comprometedora entre o diretor de jornalismo do principal concorrente, a Record, com representantes de um governo que seus donos estão doido para derrubar?

A explicação não é apenas circunstancial. Não se trata de uma aliança tácita entre os grandes meios. É medo do que está por vir.

Aécio não teria conversado apenas com Douglas Tavolaro, da Record, sobre negociação de publicidade em troca de apoio. E nem Moreira Franco.

Há gente mais graúda do que o menino prodígio de Edir Macedo que caiu nos grampos. Há gente bem mais graúda.

Há também gente grampeada em conversas com Rocha Loures. Jornalista servindo de fonte de informação para o ex-deputado hoje preso e dizendo com quem deveria conversar num determinado órgão da imprensa para silenciar reportagens.

Ainda há muito o que ser vazado por aí para mostrar como a nossa doce mídia se comporta nos bastidores

No artigo