Guaranis protestam na abertura da Copa

Durante participação em cerimônia oficial, xondaro Wera levantou um cartaz pedindo demarcação de terras indígenas

Por Redação

“Pena que a grande mídia desviou as câmeras e escolheu não transmitir a única mensagem verdadeira dessa cerimônia” (Comissão Guarani Yvyrupa)

“Pena que a grande mídia desviou as câmeras e escolheu não transmitir a única mensagem verdadeira dessa cerimônia” (Comissão Guarani Yvyrupa)

Um fato passou despercebido pela grande mídia durante a abertura da Copa do Mundo. No fim da cerimônia oficial realizada na Arena Corinthians, em São Paulo, o guarani xondaro Wera protestou pela demarcação de terras indígenas. O convidado para o evento levantou um cartaz escrito “demarcação” após sua participação.

“Pena que a grande mídia desviou as câmeras e escolheu não transmitir a única mensagem verdadeira dessa cerimônia”, lamentou a Comissão Guarani Yvyrupa, que divulgou o protesto. A demarcação de terra está prevista no artigo 67 da Constituição de 1988, mas o prazo para sua conclusão era de apenas cinco anos. Neste mês, o artigo completa 25 anos.

Pelas regras atuais, cabe à Fundação Nacional do Índio (Funai), ao Ministério da Justiça e à Presidência da República a decisão sobre a demarcação de terras indígenas. No entanto, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 215 transfere a competência para o Congresso Nacional. A proposta também possibilita a revisão das terras já demarcadas.

Os guaranis pedem o arquivamento da PEC, que tramita há 14 anos. A Frente Parlamentar em Defesa dos Povos Indígenas é contrária à aprovação da proposta, e garante que 98,5% das terras já foram demarcadas. Sendo assim, uma alteração no processo seria desnecessária, uma vez que ele está próximo a ser concluído.

Comentários

Comentários


Related Articles

Goleiro da Alemanha defende que jogadores gays saiam do armário

Para atleta, o que importa é o rendimento do jogador e não sua orientação sexual Por Redação O goleiro da

Copa para inglês ver?

Estrangeiros vieram para festejar a Copa do Mundo, mas não se iludem quanto às realidades da organização do evento Por

Jean Wyllys lamenta insultos à presidenta Dilma Rousseff

Por Facebook, o deputado do PSOL-RJ revela que sentiu vergonha do comportamento dos brasileiros que estavam na abertura da Copa

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*