Partido Fraturado

Eleições Americanas Convenção Nacional Democrata Da Filadélfia Trânsito caótico, protestos a respeito dos tópicos mais variados, barricadas de policiais, shows e exibições mesclando política...

Eleições Americanas
Convenção Nacional Democrata

Da Filadélfia

The-Democratic-Party

Trânsito caótico, protestos a respeito dos tópicos mais variados, barricadas de policiais, shows e exibições mesclando política e arte, grupos de visitantes de todas as partes dos EUA. Começou ontem na Filadélfia a Convenção Democrática Nacional, evento onde se reúnem, por quatro dias, delegados e políticos de expressão com o objetivo de consolidar o nome de um candidato e unificar o Partido Democrata na corrida à presidência dos Estados Unidos.

O evento começou de forma conturbada, após a divulgação pelo jornal New York Times de emails vazados pelo Wikileaks, indicando que o partido democrata tentou sistematicamente sabotar a candidatura do rival de Hillary Clinton nas primárias, Bernie Sanders. O que tinha sido planejado para ser a abertura de uma semana dedicada ao nome de Hillary Clinton e a um programa de governo comum se tornou um dia de dissensão e protesto, o que evidenciou a fratura dentro do partido democrata.

Para tentar remediar a já esperada polarização entre os simpatizantes de Sanders e Hillary, os marketeiros de Clinton convidaram um time de peso para palestrar diante dos delegados do partido em um evento fechado mas transmitido em rede nacional.

A comediante Sarah Silverman, famosa por suas provocações e por sua participação no programa “Saturday Night Live”, ela mesma simpatizante de Bernie Sanders, replicou às vaias de parte da platéia que não parava de gritar o nome de Sanders: “Isso é para aqueles que estão dizendo ‘Bernie or Burn’ (ou Bernie ou nada). Vocês estão sendo ridículos”. Mais vaias. Em seguida Cheryl Lankford, ex-aluna da Universidade Trump, deu um depoimento rápido sobre como ela tinha apostado toda sua reserva financeira na educação que receberia na instituição do milionário republicano, e que finalmente percebeu que fazia parte dum engodo, de um jogo de marketing e de uma farsa acadêmica. Aplausos minguados. Paul Simon cantou de forma hesitante, gerando repercussão negativa nas redes sociais, e não foi capaz de aliviar um pouco os ânimos. Michelle Obama foi ao palco para dizer que os Estados Unidos já são uma grande nação, refutando o slogan de Trump “Make America great again”. Por um momento a platéia se uniu. Só que não ao redor do nome de Hillary Clinton, como esperado. Em seguida, a senadora do estado de Massachusetts, Elizabeth Warren, outra simpatizante de Sanders, endossou o nome de Clinton, em mais uma tentativa de unir a platéia. Em vão.

Finalmente Bernie Sanders falou, deixando claro que, apesar das diferenças entre os dois, apoia Hillary Clinton. Aplausos para Bernie. Apreensão do lado de Hillary.


Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum e recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa e ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses.




Você ganha descontos em livros e produtos do programa Sócio Fórum, recebe a cada 3 meses um livro das Edições Fórum na sua casa, ganha 1 caneca personalizada da Fórum após 6 meses e 1 camiseta personalizada após 1 ano.





Golpe 16 - O livro da blogosfera em defesa da democracia

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.




Join the Conversation